Telmo Pinão faz valer primeiro Diploma Paralímpico em Tóquio!

Telmo Pinão, que fez uma preparação específica para a prova em estrada e não para a pista, aproveitou a sua experiência e sabedoria, para alcançar um excelente resultado em Perseguição Individual na Categoria C2 nos Jogos Paralímpicos de Tokyo 2020, ao ser o oitavo classificado.

Pinão, mesmo sem muito treino em Pista, tinha colocado como objetivo de participação baixar a sua melhor marca pessoal da prova de 3000 metros, que era de 4:07. O corredor português cumpriu a sua prestação com um tempo de 4:03, conseguindo baixar a sua marca em 4 segundos e colocando também o seu nome no novo recorde Nacional.

Na eliminatória que coloca os quatro melhores classificados na luta pelas medalhas, Ewoud Vromant, que tinha conseguido o melhor tempo na eliminatória com a marca de 3:30:290, um novo Recorde Mundial, batendo o seu anterior, foi desclassificado na sequência de um protesto por irregularidades na bicicleta, fazendo com que o atleta português passasse para a oitava posição.

Em declarações à Federação Portuguesa de Ciclismo, Telmo Pinão revela estar muito satisfeito com o seu resultado e muito contente por ter conseguido dar a Portugal o primeiro diploma nos Jogos Paralímpicos de Tokyo 2020.

A prova foi ganha pelo francês Alexandre Leaute, que bateu por duas vezes o Recorde Mundial e Paralímpico. A medalha de Prata foi conquistada pelo australiano Darren Hicks e o Bronze pelo chinês Guihua Liang.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock