João Martins estreia-se nos Europeus de Pista Sub23 com um 5º lugar na Eliminação!

Os Europeus de Pista Júnior e Sub-23 abriram hoje em Anadia, com os ciclistas dos vários escalões a subirem ao Velódromo Nacional de Sangalhos para dar início a mais um Campeonato da Europa. Portugal fez alinhar alguns dos seus ciclistas no dia de hoje, e perante a presença e vitória de nomes já reputados como Maike van der Duin ou Tim Torn Teutenberg, foi o jovem João Martins, Sub-23 de primeiro ano, a registar uma das maiores prestações, com o quinto posto na corrida de Eliminação Sub-23.

Eliminação Sub-23 Masculinos

Pódio Eliminação Sub-23 com Gianluca Pollefliet, Tim Torn Teutenberg e Elmar Abma (da esquerda para a direita)

Os Sub-23 Masculinos subiram à pista para disputar a corrida de Eliminação na vertente de Endurance, com vários nomes de destaque presentes. A vitória sorriu ao alemão Tim Torn Teutenberg, ele que já é o Campeão Europeu nos Elites, eliminando por último o belga Gianluca Pollefliet. O pódio foi completo pelo neerlandês Elmar Abma.

João Martins fez a sua estreia em Europeus Sub-23, depois de grandes prestações nos Juniores, e voltou a brilhar e a levar o público português ao rubro, com o melhor resultado luso do dia. O jovem ciclista de 19 anos terminou na quinta posição, e entrou assim com o pé direito.

Perseguição Individual Sub-23 Masculinos

Pódio Perseguição Individual Sub-23 com Josh Charlton, Noah Vandenbranden e Josh Tarling (da esquerda para a direita)

Na disciplina de Perseguição Individual, deu-se uma grande surpresa com a não passagem do britânico Joshua Tarling à corrida da final. Em vez disso, o ciclista da INEOS Grenadiers disputou a medalha de bronze e registou o melhor tempo das finais, em 4:09:527, dobrando o alemão Tobias Buck-Gramcko. Na grande final, o belga Noah Vandenbranden conquistou o Ouro em 4:10:537, com o britânico Josh Charlton a ficar em posição de prata.

Eliminação Sub-23 Femininas

Pódio Eliminação Sub-23 com Katrijn De Clercq, Maike van der Duin e Nora Tveit (da esquerda para a direita)

Do lado Feminino, a corrida de Eliminação foi também ela bastante disputada e com a vitória a sorrir à neerlandesa Maike van der Duin, com a belga Katrijn De Clercq e a norueguesa Nora Tveit a completarem o pódio, nas posições de prata e bronze, respetivamente.

Beatriz Roxo na partida para a corrida de Eliminação das Sub-23

Beatriz Roxo representou Portugal nesta corrida e terminou no 15º posto.

Perseguição Individual Sub-23 Femininas

Pódio Perseguição Individual Sub-23 com Olga Wankiewicz, Kate Richardson e Leila Gschwentner (da esquerda para a direita)

Na corrida de Perseguição Individual, as mulheres fazem apenas 3km, menos 1km que os homens, e foi a britânica Kate Richardson a fazer o melhor tempo e a conquistar o Ouro em 3:30:806, batendo a polaca Olga Wankiewicz, que fechou na posição de Prata. Na corrida pelo Bronze, a austríaca Leila Gschwentner levou a melhor com o registo de 3:34:600.

Scratch Juniores Masculinos

Pódio Scratch Júnior com Ramazan Yilmaz, Davide Stella e Pablo Laruelle (da esquerda para a direita)

Nos Juniores Masculinos, assistimos a uma corrida de Scratch muito disputada, com o italiano Davide Stella a vencer após bater ao sprint o turco Ramazan Yilmaz, tendo os dois conseguido conquistar uma volta de avanço sobre o pelotão! Os restantes adversários tiveram de se contentar em disputar o Bronze, com o francês Pablo Laruelle a levar a melhor na luta pelo terceiro posto.

Rodrigo Neves à partida para a corrida de Scratch dos Juniores

Rodrigo Neves foi o Português em ação nesta corrida, concluindo na 14ª posição final.

Sprint Coletivo Juniores Masculinos

Pódio Sprint Coletivo Júnior com França, Alemanha e Bélgica (da esquerda para a direita)

Na prova de Sprint Coletivo, a formação alemã de Pete-Collin Flemming, Colin Rudolph e Jakob Vogt sagrou-se a grande vencedora, cumprindo as três voltas ao Velódromo em 44:966, para bater a formação francesa por mais de um segundo de diferença! Na posição de Bronze terminou a formação da Bélgica, já na casa dos 47s.

Scratch Juniores Femininas

Pódio Scratch Júnior com Vittoria Grassi, Magdalena Fuchs e Laerke Expeels (da esquerda para a direita)

Do lado Feminino, a corrida de Scratch foi também bastante intensa, com a vitória a sorrir à alemã Magdalena Fuchs, que conseguiu escapar do pelotão a quatro voltas do fim. Logo após Fuchs ter arrancado, uma queda coletiva levou meio pelotão ao chão, e na disputa pela Prata foi a italiana Vittoria Grassi a levar a melhor sobre a belga Laerke Expeels.

Raquel Dias à partida para a corrida de Scratch das Juniores

A portuguesa Raquel Dias foi uma das ciclistas em maior evidência na corrida, atacando com a checa Pattricie Mullerova, sensivelmente a meio da corrida. Com a chegada iminente de mais uma corredora e depois do pelotão, apenas a checa acelerou novamente, conseguindo completar a volta de avanço, mas a queda no final levou à sua desistência e perda do Ouro. Raquel, por outro lado, ainda voltou a tentar fazer a diferença nas duas últimas voltas, mas não foi capaz e completou a corrida na nona posição.

Sprint Coletivo Juniores Femininas

Pódio Sprint Coletivo Júnior com Alemanha, Reino Unido e Itália (da esquerda para a direita)

No Sprint Coletivo, as britânicas Sarah Johnson, Viorica Georgette Rand e Anna Whitworth Hay sagraram-se as grandes vencedoras, com um registo de 50:534, batendo a formação da Polónia por oito décimos de segundo! O pódio foi completo com a seleção italiana, registando um tempo superior a 52s.

Fotos: UEC

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock