Tiago Ferreira e Joana Monteiro são os novos Campeões Nacionais de XCM!

Tiago Ferreira (DMT Racing Team) e Joana Monteiro (Axpo / FirstBike Team / Vila do Conde) venceram este domingo o Campeonato Nacional de Cross-Country Maratona (XCM) na categoria de Elites, disputado em Estremoz, triunfando ambos em solitário, com bastante vantagem para os adversários, para celebrarem o primeiro título nacional de BTT de 2022!

Pódio Elite Masculino com Bruno Sancho – Tiago Ferreira – Filipe Ramos (da esquerda para a direita)

Na prova de Elites Masculinos, Tiago Ferreira cumpriu os 95km do percurso em 3:49:23, chegando sozinho à meta, com 6:54 de vantagem sobre Bruno Sancho (Korpo Activo / Penacova), vencedor de 2021, que foi agora segundo classificado, e 7:01 sobre Filipe Ramos (Guilhabreu BTT), que foi terceiro. José Dias (Buff – Megamo Team), terceiro classificado no último campeonato do Mundo, não foi além da quarta posição, a 10:14, à conta da lesão que o manteve afastado da competição nas últimas semanas e que ressurgiu nos últimos 20km.

Pódio Elite Feminino com Celina Carpinteiro – Joana Monteiro – Ilda Pereira (da esquerda para a direita)

Na prova de Elites Femininas, Joana Monteiro cumpriu os 75km do percurso em 3:47:10, para triunfar confortavelmente com 8:30 de vantagem sobre Celina Carpinteiro (BTT Loulé / Elevis) e Ilda Pereira (Casa Myzé Team), que batalharam ao sprint pela medalha de prata. Celina acabou por levar a melhor e ficar assim na segunda posição, enquanto Ilda foi terceira. Ana Tomás (BTT Seia) estava a rodar com as melhores, mas acabou por não terminar, após uma pedra lhe ter partido a roda traseira, a 15km da meta.

Nos Masters30, Rodrigo Gomes conquistou a vitória em 4:09:11, batendo José Oliveira (MonçãoBike / LusoPrint / Bombos Sebastião) por 9:21 e Ricardo Teixeira (BTTGardunha / Fundão / Create) por 13:55. Do lado feminino, Ângela Gonçalves (Korpo Activo / Penacova) venceu com o tempo de 4:02:28, batendo Nádia Mendes (BTTGardunha / Fundão / Create) por 2:11 e Lurdes Gonçalves (Clube de Ciclismo de Castelo Branco) por 7:13. Nos Masters35 masculinos, José Lourenço (SPAC BTT) venceu em 4:07:04, batendo José Pacheco (SPAC BTT) por 9:17 e Ismael Graça (Korpo Activo / Penacova) por 13:02.

Nos Masters40, Nuno Inácio (BTTGardunha / Fundão / Create) triunfou após uma luta bastante apertada, cumprindo o percurso em 4:11:34, com o segundo classificado, David Vaz, a ficar a apenas 4.7s. O terceiro lugar foi para Carlos Rocha (Saertex Portugal / Edaetech), a 8:31. Do lado feminino, Raquel Santos (BTT Seia) venceu em 4:00:29, batendo Mónica Peixe (BTT Loulé / Elevis) por uns absurdos 20:13 e Clara Prazeres por 26:57. Nos Masters45 masculinos, Marco Macedo (BTTGardunha / Fundão / Create) venceu em 4:19:49, batendo Pedro Dias (SPAC BTT) por 10:22 e Filipe Salvado (BTT Loulé / Elevis) por 11:10.

Nos Masters50, João Gomes (BTTGardunha / Fundão / Create) venceu após 3:21:34, batendo Carlos Soares (Saertex Portugal / Edaetech) por 42s e António Marques (BTT Seia) por 50s. Do lado feminino, Carla Vieira venceu em 4:40:56, deixando Ana Oliveira (Korpo Activo / Penacova) na segunda posição, a 22:25, e Telma Gonçalves (Garra – Onebike) na terceira, a 24:43. Nos Masters55 masculinos, Fernando Gonçalves (CTM – Vila Pouca / CEPSA Casa Lima) venceu em 3:35:37, batendo José Ribeiro (Axpo / FirstBike Team / Vila do Conde) por 5:24 e Joaquim Batista (Grupo CCR – AP Motors – Lobos Ave) por 7:17.

Nos Masters60 masculinos, Adelino Cruz (BTT Loulé / Elevis) triunfou com a marca de 3:40:01, batendo Orlando Sebastião (BTT Conceição de Faro) por 1:48 e João Marques (360 BikeTrail / Mundimat / CCA PAI) por 4:20. Nos Masters65 masculinos, Manuel Pinto (Saertex Portugal / Edaetech) venceu em 3:55:12, batendo Carlos Correia (BTT Loulé / Elevis) por 8:05 e Vítor Graça (Ciclismo 20kms Almeirim / Restaurante “O Forno”) por 12:03.

Classificações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock