Victor Koretzky vence nos elites masculinos, no dia em que Loana Lecomte brilha nos femininos em Albstadt!

No dia de ontem, decorreu em Albstadt, na Alemanha, a primeira prova da Taça do Mundo de XCO. Albstadt é um dos circuitos mais duros e espetaculares da Taça do Mundo de XCO.

Victor Koretzky (KMC-Orbea), foi o mais forte na corrida masculina. Korezky bateu o atual campeão Europeu, o suíço Nico Schurter (Scott-SRAM), por 2s, com o também suíço Mathias Flueckinger (Thomus RN Swiss Bike), a ser terceiro, a 23s.

A corrida começou, e Henrique Avancini (Cannondale Factory) isolou-se na frente. Não demorou até que um holandês de nome Mathieu van der Poel (Alpecin-Fenix), se colasse ao brasileiro, na tentativa de se isolarem dos demais.

Na perseguição vinha um grupo, encabeçado por Nino Schurter, que acabou por se juntar ao duo da frente ainda na primeira volta. O ataque de Avancini e van der Poel acabou por sair caro, visto que a dupla nunca mais entrou no ritmo, terminando ambos longe dos primeiros. Van der Poel fechou no 7º posto, – após ter vencido no sábado a Short Track – e Avancini terminou no 10º posto.

Na frente da corrida criou-se um grupo composto por Nino Schurter, Victor Koretzky, Mathias Flueckinger, Ondrej Cink (Kross Orlen) e o campeão Mundial Jordan Sarrou (Specialized).

No final, o aumento de ritmo imposto por Flueckinger nas subidas mais duras do circuito acabou por por Cink em dificuldades. Na fase final foi Flueckinger que acabou por ter problemas, o seu espigão telescópico ficou preso em baixo, o que obrigou o Suíço terminar a corrida em pé na bicicleta.

Na fase final Koretzky ultrapassou Schurter, que na reta da meta não foi capaz de ultrapassar o francês, terminando assim no segundo posto.

De destacar ainda a presença de Thomas Pidcock (Ineos Grenardiers), que fez uma corrida de trás para a frente, terminando no 5º posto, a 29s do vencedor.

Com este resultado, Koretzky assumiu a liderança da Taça do Mundo de XCO.

Na corrida feminina, a história foi completamente diferente. A francesa Loana Lecomte (Massi) não deu qualquer hipótese às suas rivais.

Lecomte este num nível diferente das suas rivais, a jovem de apenas 21 anos, campeã Mundial de sub-23, saiu da quarta linha, para liderar a corrida isolada.

No segundo posto terminou a também francesa Pauline Ferrand Prevot (Absolute-Absalon-BMC), a 53s, e no terceiro a americana Haley Batten (Trinity Racing), a 1m15s.

A grande batalha da corrida foi pelo lugar mais baixo do pódio, com Haley Batten a alcançar Kale Courtney (Scott-SRAM), na terceira volta, com a americana da Scott a não conseguir seguir o ritmo da compatriota.

Com este resultado, Pauline Ferrand Prevot é a primeira líder da Taça do Mundo de XCO feminino, visto que na sexta-feira tinha vencido a Short Track.

Quanto aos portugueses em prova, nos elites masculinos, Mário Costa (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde), terminou no 61º posto, a 7m07s de Koretzky. Na prova de elites femininas, Joana Monteiro (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde), foi 81ª.

Portugal este ainda representado na categoria de sub-23 feminina, com Raquel Queirós (Seleção Nacional), a fechar no 21º posto, a 8m42s e Ana Mafalda Santos (X-Sauce Factory Team), a fechar no 26º posto, a 9m39s da vencedora Mona Mitterwallner. No segundo posto terminou Carolne Bohé e no terceiro Kata Blanka.

Nos juniores, Tomás Frazão terminou no 68º posto, a 9m16s do vencedor, Finn Treudler. Ainda na mesma corrida, João Cruz fechou no 99º posto, após um problema no espigão do selim.

Mariana Líbano terminou a sua corrida no 28º posto, a 10m05s de Line Burquier, a vencedora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock