CX: Wout Van Aert e Lucinda Brand vencem na Taça do Mundo em Dendermonde!

O belga Wout Van Aert (Jumbo – Visma) e a neerlandesa Lucinda Brand (Baloise Trek Lions) venceram esta tarde a décima segunda prova da Taça do Mundo de Ciclocrosse de 2021/2022, disputada no circuito de Dendermonde na Bélgica.

Prova Masculina

Pela primeira vez esta temporada, Van Aert, Mathieu Van der Poel (Alpecin – Fenix) e Tom Pidcock (Ineos Grenadiers) participaram na mesma prova juntos.

A prova começou com um ritmo bastante alto com Toon Aerts (Baloise Trek Lions) a ter o melhor arranque, mas o belga não ficou muito tempo sozinho na frente e recebeu a companhia de Van der Poel. Van Aert perseguia o duo da frente. Pidcock, Eli Iserbyt (Pauwels Sauzen – Bingoal) e Michael Vanthourenhout (Pauwels Sauzen – Bingoal) tiveram um mau arranque e perderam bons segundos para o duo da frente.

No início da segunda volta, Aerts trocou de bicicleta e conseguiu ganhar uma pequena vantagem sobre Van der Poel, que recebeu a companhia de Van Aert. No início da terceira volta, Van der Poel trocou de bicicleta mas continuou na roda de Van Aert e os dois alcançaram Aerts que cometeu um erro numa subida e caiu.

No início da quarta volta, Van der Poel trocou novamente de bicicleta e juntamente com Van Aert conseguiram ganhar uma pequena vantagem sobre Aerts. Na quinta volta, Van Aert trocou de bicicleta e ganhou uma boa vantagem sobre Van der Poel, que não conseguiu seguir o forte ritmo do belga.

Van Aert continuou a aumentar a sua vantagem volta após volta e venceu a décima segunda prova da Taça do Mundo. Van der Poel fez uma excelente prova no seu regresso após a lesão no joelho e foi segundo a 49s. Aerts foi terceiro a 1:18.

Resultados Masculinos

Prova Feminina

Na corrida feminina, a Campeã Mundial Lucinda Brand conquistou a sua quinta vitória na Taça do Mundo de 2021/2022 e mostrou que é a maior favorita para revalidar o título já no mês que vem nos Estados Unidos, após aguentar o forte ritmo de Clara Honsinger (Team TIBCO – Silicon Valley Bank) nas últimas voltas.

A prova começou com um ritmo elevado com Marianne Vos (Jumbo – Visma) e Fem Van Empel (Pauwels Sauzen – Bingoal) a terem o melhor arranque, mas as duas não ficaram muito tempo sozinhas na frente e receberam a companhia de Brand, Ceylin Alvarado (Alpecin – Fenix), Puck Pieterse (Alpecin – Fenix), Shirin Van Anrooij (Baloise Trek Lions) e Manon Bakker (Iko – Crelan). Blanka Vas (Team SD Worx) e Honsinger tiveram um arranque muito lento, mas no final da primeira volta juntaram-se ao grupo da frente.

Na terceira volta, Brand acelerou e ganhou uma boa vantagem sobre as suas adversárias que estavam muito próximas umas das outras. Betsema e Pieterse aceleraram e seguiam em busca de Brand. Na quarta volta, Pieterse cedeu e recebeu a companhia de Honsinger que passou direta por ela. No final da quarta volta, Honsinger chegou a Betsema e aumentou o ritmo deixando a neerlandesa sem resposta.

Na última volta, Brand trocou de bicicleta e via Honsinger cada vez mais perto, mas a neerlandesa conseguiu aguentar o forte ritmo da americana e venceu a décima segunda prova da Taça do Mundo. Betsema conseguiu aguentar o forte ritmo de Vos, Pieterse e Van Anrooij na última volta e foi terceira a 36s. Sanne Cant (Iko – Crelan) fez uma excelente recuperação e acabou em sétimo.

Lucinda Brand venceu pela quinta vez na Taça do Mundo de 2021/2022.

Resultados Femininos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock