CX: Wout Van Aert e Fem Van Empel vencem na Taça do Mundo em Val Di Sole!

O belga Wout Van Aert (Jumbo – Visma) e a neerlandesa Fem Van Empel (Pauwels Sauzen – Bingoal) venceram a nona prova da Taça do Mundo de Ciclocrosse, disputada no circuito de Val di Sole, que é muito conhecido devido à neve que surge por bastante vezes ao longo do percurso e que muito o dificulta e o torna característico.

Prova Masculina

A corrida masculina começou com um ritmo alto com Michael Vanthourenhout (Pauwels Sauzen – Bingoal) a ter um excelente arranque, com Eli Iserbyt (Pauwels Sauzen – Bingoal) a seguir na sua roda. Van Aert não partiu da linha da frente mas fez um excelente arranque e no final da primeira volta juntou-se com Corné Van Kessel (Acrog Tormans) e Vincent Baestaens (Group Hens – Maes Containers) ao duo na dianteira.

No início da segunda volta, Kessel e Baestaens não conseguiram aguentar o forte ritmo dos três belgas. Van Aert decidiu aumentar o ritmo e largou Iserbyt e Vanthourenhout. O belga conseguiu uma vantagem de 10s sobre os dois perseguidores.

Na terceira volta, Iserbyt cedeu e Vanthourenhout perseguia sozinho Van Aert que cometeu um erro na zona técnica e perdeu alguns segundos, mas nada o parava em busca de mais uma vitória. Thomas Pidcock (Ineos Grenadiers) e Quinten Hermans (Acrog Tormans) estavam a fazer uma excelente recuperação e colocavam-se muito perto de Iserbyt.

Na quarta volta, Pidcock largou Hermans mas o belga não estava muito longe. No final da quarta volta, Iserbyt cometeu um erro e caiu, sendo alcançado por Pidcock. Van Aert aumentava a sua vantagem para 40s sobre Vanthourenhout e estava à entrada da última volta com a vitória na mão, concretizando de forma tranquila numa das icónicas localizações da Taça do Mundo. Vanthourenhout foi segundo a 49s e Pidcock foi terceiro a 1:28, após conseguir largar Iserbyt na última volta.

Resultados Masculinos

Prova Feminina

Na corrida feminina, a jovem neerlandesa Fem Van Empel venceu pela primeira vez na Taça do Mundo, batendo Marianne Vos (Jumbo – Visma) e Maghalie Rochette (Canada National Team) após um final dramático, aproveitando muito bem a ausência da Campeã Mundial, Lucinda Brand!

A prova começou com um ritmo bastante alto com Rochette a ter um excelente arranque com Vos e Van Empel na sua roda. Denise Betsema (Pauwels Sauzen – Bingoal) foi obrigada a perseguir com Puck Pieterse (Alpecin -Fenix), Helene Clauzel (A. S. Bike CrossTeam) e Sanne Cant (Iko – Crelan). Van Empel aumentou o ritmo e iniciou a segunda volta com uma pequena vantagem sobre as perseguidoras.

Na segunda volta, Vos e Pieterse perderam algum tempo porque tiveram de colocar a corrente que havia saltado no lugar. Van Empel conseguiu ganhar uma vantagem de 20s sobre Betsema e Rochette. Na disputa pela segunda posição, Betsema conseguia uma pequena vantagem sobre Rochette, enquanto Pieterse e Vos estavam a 1:00 de Van Empel, no início da terceira volta.

Na quarta volta, Rochette aumentou o ritmo e passou direta por Betsema que parecia estar em dificuldades e no final da volta já estava com Van Empel à vista. Vos vinha a voar e no início da última volta passou direta por Betsema e depois por Rochette e estava a apenas 11s de Van Empel.

Antes do final, Vos apanhou Van Empel e tentou surpreendê-la na zona técnica só que numa das últimas curvas caiu e teve dificuldade em levantar-se. Van Empel aproveitou e seguiu isolada para vencer a nona prova da Taça do Mundo. Vos foi segunda a 6s e Rochette terceira a 11s. Eva Lechner (Italy National Team) foi quarta após uma excelente recuperação e ainda conseguiu passar Betsema na última volta.

Fem Van Empel conquistou a sua primeira vitória na Taça do Mundo.

Resultados Femininos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock