CX: Toon Aerts e Denise Betsema vencem na Taça do Mundo em Zonhoven!

O belga Toon Aerts (Baloise Trek Lions) e a neerlandesa Denise Betsema (Pauwels Sauzen – Bingoal) venceram esta tarde a quarta prova da Taça do Mundo de Ciclocrosse de 2021/2022, disputada no circuito de Zonhoven que é muito conhecido devido à areia que compõe uma boa parte do percurso e o torna ainda mais difícil para os ciclistas.

Prova Masculina

A corrida masculina começou com a um ritmo bastante alto, com Toon Aerts, Eli Iserbyt (Pauwels Sauzen – Bingoal), Laurens Sweeck (Pauwels Sauzen – Bingoal) e Lars Van der Haar (Baloise Trek Lions) ganharam uma pequena vantagem sobre o pelotão. Na segunda volta, Sweeck mostrou as suas qualidades na areia e abriu um espaço sobre Iserbyt, Van der Haar e Aerts, que receberam a companhia de Quinten Hermans (Acrog Tormans), Michael Vanthourenhout (Pauwels Sauzen – Bingoal) e Toon Vandebosch (Pauwels Sauzen – Bingoal).

Na quarta volta, Sweeck cometeu um erro e foi alcançado pelo grupo perseguidor. Duas voltas depois, Iserbyt e Van der Haar aceleram e ganhar uma pequena vantagem sobre Hermans, Aerts, Sweeck e Vanthourenhout. Na sétima volta, os dois foram alcançados, e Iserbyt voltou a tentar sair do grupo, mas não teve sucesso.

Na nona volta, Iserbyt atacou, mas Aerts seguiu o belga e contra atacou, ficando isolado na frente da corrida. Aerts seguiu assim isolado para vencer a quarta prova da Taça do Mundo. Van der Haar ainda conseguiu passar Iserbyt e acabou em segundo a 10s. Iserbyt manteve a liderança da geral da Taça do Mundo.

Toon Aerts estreou-se a vencer na Taça do Mundo de 2021/2022

Resultados Masculinos

Prova Feminina

Na corrida feminina, a neerlandesa Denise Betsema mostrou que está numa excelente forma para atacar o resto da temporada e os Mundiais, vencendo pela primeira vez na Taça do Mundo de 2021/2022. A prova também ficou marcada pelo excelente regresso da campeã europeia Ceylin Alvarado (Alpecin – Fenix), que acabou no terceiro lugar.

A prova começou a um ritmo alto com Betsema, Lucinda Brand (Baloise Trek Lions), Puck Pieterse (Alpecin – Fenix), Inge Van der Heijden (777) e Fem Van Empel (Pauwels Sauzen – Bingoal) a ganharam uma boa vantagem sobre o pelotão. Na segunda volta, Pieterse e Betsema distanciaram-se de Brand, Van der Heijden e Van Empel.

A meio da prova, Betsema acelerou, fazendo com que Pieterse cedesse. Pieterse recebeu a companhia de Brand e as duas estavam a 30s de Betsema. Alvarado estava a fazer uma excelente recuperação, tendo partido da terceira linha e já estava a lutar pelo quarto lugar.

Na penúltima volta, Alvarado alcançou Pieterse, que teve de seguir ao seu ritmo após uma forte aceleração de Brand. Betsema não mais tinha sido vista e venceu a quarta prova da Taça do Mundo, subindo à liderança da geral da Taça do Mundo. Brand foi segunda a 46s. Na última volta, na parte técnica do percurso, Alvarado fez com que Pieterse cedesse e conquistou o último lugar do pódio.

Resultados Femininos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock