CX: Eli Iserbyt e Annemarie Worst vencem na Taça do Mundo em Koksijde!

O belga Eli Iserbyt (Pauwels Sauzen – Bingoal) e a neerlandesa Annemarie Worst (777) venceram esta tarde a sétima prova da Taça do Mundo de Ciclocrosse de 2021/2022, disputada no circuito de Koksijde na Bélgica.

Prova Masculina

A corrida masculina começou a um ritmo bastante alto, com Quinten Hermans (Acrog Tormans) a ter um excelente arranque. Iserbyt e Lars Van der Haar (Baloise Trek Lions) reagiram à aceleração de Hermans com Laurens Sweeck (Pauwels Sauzen – Bingoal) na sua roda.

O panorama alterou quando Van der Haar cometeu um erro que fez com que Sweeck caísse e Iserbyt ficasse preso na queda. Toon Aerts (Baloise Trek Lions) acabou então por ser o primeiro a chegar a Hermans, mas Iserbyt, Van der Haar e Vincent Baestaens (Group Hens – Maes Containers) conseguiram também alcançar os dois da frente.

Na terceira volta, Baestaens perdeu o contacto com o grupo da frente. Iserbyt aumentou o ritmo com Aerts e Hermans na sua roda. Van der Haar foi obrigado a abrandar e colocar o seu ritmo, recebendo a companhia de Sweeck e de Corné Van Kessel (Acrog Tormans).

Na quinta volta, Aerts acelerou e Iserbyt foi o único que o conseguiu seguir. Hermans não estava muito longe dos dois e impunha o seu ritmo numa tentativa de voltar à diranteira. Na zona de areia do circuito, Aerts tentou largar Iserbyt, mas não o conseguiu fazer. Na volta seguinte, Iserbyt também tentou largar Aerts na zona técnica, mas não teve sucesso. Sweeck alcançou Hermans e os dois perseguiam Iserbyt e Aerts.

No início da última volta, Aerts cedeu e recebeu a companhia de Sweeck e Hermans. Iserbyt tinha uma vantagem de 8s sobre os três perseguidores e conseguiu aguentar o forte ritmo, para vencer a sétima prova da Taça do Mundo. Sweeck foi o mais forte dos perseguidores na parte final e foi segundo a 4s. Aerts foi terceiro a 7s.

Resultados Masculinos

Prova Feminina

Na corrida feminina, a neerlandesa Annemarie Worst mostrou que está numa excelente forma e conquistou a sua primeira vitória na Taça do Mundo de 2021/2022, após bater Denise Betsema (Pauwels Sauzen – Bingoal) e a Campeã Europeia e Mundial, Lucinda Brand (Baloise Trek Lions).

A prova começou com um ritmo alto com Shirin Van Anrooij (Baloise Trek Lions) a ter um excelente arranque. A neerlandesa foi seguida por Ceylin Alvarado (Alpecin – Fenix), Puck Pieterse (Alpecin – Fenix) e Worst. Betsema, Brand e Fem Van Empel (Pauwels Sauzen – Bingoal) juntaram-se ao grupo da frente no final da primeira volta.

Na segunda volta, Worst acelerou e Betsema foi a única que a seguiu. Brand colocou o seu ritmo e após as duas da frente baixarem o ritmo, a Campeã Mundial reentrou no grupo da frente. Alvarado foi obrigada a trocar de bicicleta e perdeu as suas chances de lutar pelo pódio ou pela vitória.

Na terceira volta, Betsema e Worst largaram Brand, que seguia a 10s das duas da frente. Na quarta volta, Worst atacou na altura certa e fez com que Betsema cedesse. Worst aumentava cada vez mais a sua vantagem e assim cavalgou para vencer a sétima prova da Taça do Mundo. Betsema foi segunda a 17s e Brand terceira a 37s.

Annemarie Worst venceu pela primeira vez na Taça do Mundo de 2021/2022.

Resultados Femininos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock