Yates surpreende e vence contrarrelógio! Van der Poel aumenta diferenças na geral!

O britânico Simon Yates (BikeExchange – Jayco) venceu o contrarrelógio da segunda etapa do Giro d’Itália, após 9.4km de esforço individual com partida e chegada na cidade de Budapeste, concluindo com um grande tempo de 11:50! No segundo lugar terminou o camisola rosa, Mathieu van der Poel (Alpecin – Fenix), a 3s, que assim vê a sua vantagem na geral aumentar, e em terceiro ficou o campeão neerlandês, Tom Dumoulin (Jumbo – Visma), a 5s.

Em dia de curto contrarrelógio para fazer ainda mais diferenças na classificação geral, os olhos estavam postos nos principais favoritos, e entre eles incluía-se, claro, o português João Almeida (UAE Team Emirates). Vários tempos de referência foram caindo desde cedo, com Jos van Emden, e depois Edoardo Affini, ambos da Jumbo – Visma, a prometerem desde cedo um dia muito bem pautado pelas cores da equipa neerlandesa. Affini colocou-se na liderança com o tempo de 12:10 e por lá permaneceu algum tempo.

Só meia hora depois é que o tempo do italiano foi batido, com o alemão Lennard Kamna (Bora – Hansgrohe) a terminar em 12:07, para se colocar na primeira posição e surpreender com um excelente registo. Kamna ainda aguentou muito tempo na cadeira de líder e só o campeão italiano, Matteo Sobrero (BikeExchange – Jayco), o conseguiu bater, terminando em 12:03 quase 1h depois. Os principais favoritos começavam a chegar pouco depois, e a grande decisão da etapa chegava também.

Tobias Foss (Jumbo – Visma) foi o primeiro a aproximar-se de Sobrero, terminando também em 12:07, a 4s do italiano. Alguns minutos depois chegava Tom Dumoulin, em 11:55, para se colocar na liderança, mas atrás de si vinha Simon Yates embaladíssimo! O britânico voltava a surpreender no contrarrelógio, e terminava em 11:50, para subir a primeiro e nem deixar que Dumoulin se sentasse. Ben Tulett (Ineos Grenadiers) surpreendia também pouco depois, fechando em 12:03, e atrás de si chegava João Almeida em 12:08, um tempo que nos pareceu modesto para o português, que afirmou depois não ter corrido riscos nesta jornada.

O equatoriano Richard Carapaz (Ineos Grenadiers) marcava melhor que Almeida no intermédio, mas voltava a ceder na subida, e terminou apenas em 12:18. Logo depois, Wilco Kelderman (Bora – Hansgrohe) cumpria também em grande estilo, com 12:07, enquanto Pello Bilbao (Bahrain Victorious) era apenas 18º em 12:16. Depois de um tempo fora da discussão para Biniam Girmay (Intermarche – Wanty – Gobert), Mathieu van der Poel chegava com um registo fortíssimo de 11:53, a apenas 3s de Yates, que lhe permitiu conservar a camisola rosa de líder, após mais uma fantástica exibição!

Na geral, van der Poel tem agora 11s de vantagem sobre Yates, que é segundo, e 13s sobre Dumoulin que é terceiro. O neerlandês comanda as classificações geral, dos pontos e da montanha, enquanto Matteo Sobrero é agora o melhor jovem.

Quanto aos restantes portugueses, Rui Costa (UAE Team Emirates) foi 49º a 38s, enquanto Rui Oliveira (UAE Team Emirates) foi 115º a 1:05.

Mathieu van der Poel permanece na liderança da geral.

Classificações

Classificações do Passatempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock