Wout Van Aert bate o Campeão do Mundo e voa para liderança do Tour of Britain!

O belga Wout Van Aert (Team Jumbo – Visma) venceu a quarta etapa do Tour of Britain, uma ligação de 209.7km entre Aberaeron e Great Orme, batendo ao sprint o francês Julian Alaphilippe (Deceuninck – Quick Step). O canadiano Michael Woods (Israel Start-Up Nation) foi terceiro a 1s.

A quarta etapa do Tour of Britain começou a todo o gás. Jacob Scott (Canyon DHB SunGod), Robert Donaldson (Great Britain National Team), Nicolas Sessler (Global 6 Cycling), Jokin Murguialday (Caja Rural – Seguros RGA), Gruffudd Lewis (Ribble Weldtite Pro Cycling) e Ollie Peckover (SwiftCarbon Pro Cycling) atacaram e formaram a fuga do dia. A diferença entre os seis da frente e o pelotão era de 5:00.

A 173km do fim, Lewis foi o mais forte e o foi o primeiro a passar no sprint intermédio. A 150km do fim, a fuga tinha 9:00 de vantagem sobre o pelotão. 7km depois, a Deceuninck – Quick Step, a Team Jumbo – Visma e Israel Start-Up Nation aumentaram o ritmo no pelotão e a vantagem da fuga começava a descer.

A 134km do fim, Scott foi o primeiro a passar no alto da primeira contagem do dia e reforçou a sua liderança na classificação da montanha. Quanto mais kms eram percorridos, menor era a diferença de tempo entre a fuga e o pelotão, devido ao forte ritmo do mesmo. A 86km do fim, Scott foi o primeiro a passar no segundo sprint intermédio do dia e reforçou a sua liderança na classificação dos sprints intermédios.

A 74km do fim, Marc Soler (Movistar Team), Ben Healy (Trinity Racing) e Thomas Gloag (Trinity Racing) saíram do pelotão e foram em busca do grupo da frente. A 66km do fim, na segunda contagem do dia, Scott foi novamente o primeiro a passar no alto. 5km depois, o grupo intermédio chegou ao grupo da frente. A Deceuninck – Quick Step aumentava o ritmo no pelotão.

A fuga da etapa 4 do Tour of Britain.

A 44km do fim, Rory Townsend (Canyon DHB SunGod) e Yves Lampaert (Deceuninck – Quick Step) saíram do pelotão e juntaram-se ao grupo da frente. 4km depois, o grupo da frente foi alcançado. A 33km do fim, Max Kanter (Team DSM), Mauro Schmid (Team Qhubeka NextHash) e David Gonzalez (Caja Rural – Seguros RGA) atacaram e ganharam um espaço importante sobre o pelotão. Uns kms depois, Kanter foi o primeiro a passar no último sprint intermédio do dia.

A 17km da meta, os três foram alcançados e a Ineos Grenadiers impunha um forte ritmo. A 7km da meta, Matteo Jorgensen (Movistar Team) saiu do pelotão e foi o primeiro a passar no alto da terceira contagem do dia. Jorgensen foi alcançado a 2.4km da meta devido ao forte ritmo da Team Jumbo – Visma.

A 1.2km da meta, já dentro da curta e íngreme colina final, Michael Woods atacou e foi seguido por Wout Van Aert, Julian Alaphilippe e Mikkel Honore (Deceuninck – Quick Step). 300 metros depois, Alaphilippe atacou com Woods e van Aert na sua roda. A 300 metros da meta, Honore e Ethan Hayter (Ineos Grenadiers) chegaram aos três da frente, mas Honore acelerou logo para preparar o sprint para Alaphilippe. A 200 metros, Alaphilippe lançou o sprint, mas, vindo de trás, van Aert passou o francês nos últimos metros e venceu a quarta etapa do Tour of Britain. Michael Woods chegou logo atrás, com Honoré a 4s e Hayter a 8s.

Wout Van Aert é assim o novo líder da classificação geral, Ethan Hayter mantém a liderança da classificação por pontos e Jacob Scott mantém a liderança da classificação da montanha e da classificação dos sprints intermédios.

Os metros finais

Classificações Completas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock