Winder a mais forte em Stirling!

A estadunidense Ruth Winder (Trek-Segafredo) venceu a terceira etapa do Tour Down Under, batendo Liane Lippert (Sunweb) e Lauren Stephens (Team TIBCO SVB) sobre o risco de meta. Winder concluiu a etapa em 2h51’16”, numa chegada num pequeno grupo ao sprint, o que lhe permitiu subir também à liderança da classificação geral.

Desde cedo tivemos uma etapa marcada pelos ataques, tendo um grupo de 5 ciclistas passado na frente ao km 22.8, com Anna Louise Henderson (Sunweb) a vencer o sprint intermédio que ali se situava. O pelotão, no entanto, foi sempre a um ritmo rápido e a fuga, que entretanto tinha passado a 6, ganhou uma vantagem de cerca de 2 minutos, mas o pelotão acabou por alcançar o grupo após um km em gravilha, com a Mitchelton sempre no comando e a manter o ritmo forte para preparar o final para Amanda Spratt.

Na primeira passagem pela linha de meta, a 35km do final, Winder bateu Spratt e ganhou-lhe um segundo no sprint intermédio que ali estava marcado, um presságio para o que viria a acontecer no final da etapa. Os ataques continuaram a surgir, Leigh-Ann Ganzar (Rally Cycling) chegou a ter 50″ de vantagem, mas não chegou para vencer a etapa, e as favoritas entraram na frente para discutir a etapa. Spratt estava já sozinha, e Taylor Wiles a preparar o grupo para Winder, que no momento certo se lançou para vencer a etapa e assim subir à liderança da classificação geral. Spratt sprintou para décima, estando mal colocada e sozinha, não conseguindo assim manter a liderança da classificação geral.

Winder é assim a nova líder da classificação geral, enquanto Lippert, que foi segunda, mantém a liderança da montanha e da juventude, e Kirchmann segura a liderança dos pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock