Vlasov arrasa concorrência e arrebata geral da Volta à Romandia!

O russo Aleksandr Vlasov, da BORA-hansgrohe, venceu a crono-escalada da quinta e última etapa do Tour de Romandie, arrebatando assim o triunfo na classificação geral! No segundo posto da tirada, a 31 segundos, terminou o alemão Simon Geschke, da Cofidis, enquanto o terceiro lugar, a uma distância de 36 segundos, ficou para o suíço Gino Mäder, da Bahrain-Victorious. Nas contas da geral, Vlasov é o grande campeão, terminando com 50 segundos sobre Mäder e 55 sobre Geschke.

O último dia de Volta à Romandia trazia um contrarrelógio individual de 15.84 km, entre Aigle e Villars, num percurso com uma ascensão de cerca de 10 km, a 8% de pendente média.

Diversos corredores ocuparam a cadeira quente na primeira fase da corrida, nomeadamente Thomas Champion (Cofidis), Harry Sweeny (Lotto Soudal), Rémi Cavagna (Quick-Step), e Ion Izagirre (Cofidis). Com 35:28, o tempo do espanhol acabou por ser um dos primeiros a aguentar-se na liderança. Nomes como Ethan Hayter (INEOS) não foram capazes de melhorar o registo de Izagirre.

A melhor marca haveria de cair com a chegada de Rein Taaramäe (Intermarché-Wanty-Gobert), mas o estónio não teria um reinado muito longo. Primeiro Thibaut Pinot (Groupama-FDJ) e depois Steven Kruijswijk (Jumbo-Visma) conseguiam colocar o seu nome no topo da hierarquia da etapa. Entretanto arrancavam os últimos corredores, nomeadamente o líder da geral, Rohan Dennis (Jumbo-Visma).

O senhor que se seguiu na posse do melhor registo foi Damiano Caruso, terminando com 34:44. A luta pela etapa e pela geral estavam ao rubro, com os melhores registos no ponto de cronometragem intermédio a serem batidos por Simon Geschke (Cofidis) e Aleksandr Vlasov (BORA). Na chegada, o alemão bateu o tempo de Caruso, parando o relógio nos 34:11 e confirmando a grande performance neste dia!

Entretanto, Dennis ia rodando quase 30 segundos mais lento do que Vlasov, que surgia como vencedor virtual da competição a meio do percurso!

Depois, chegava à meta Gino Mäder, com um tempo de 34:16, insuficiente para bater Geschke. Pouco depois, foi a vez de Vlasov terminar o seu esforço, com uma marca de 33:40, destruindo absolutamente todos os registos do dia! Média horária de 28.225 km/h nesta crono-escalada, confirmando o dia superlativo do russo da BORA.

Já Dennis acabou por quebrar ao longo da subida, terminando com 35:52, o 22º melhor tempo na meta, pior do que Vlasov por uma margem de 2:12.

Feitas as contas, Vlasov é o grande vencedor da 75ª edição do Tour de Romandie, terminando a prova com 50 segundos de avanço sobre Gino Mäder e 55 sobre Simon Geschke, com o quarto posto a ficar para Juan Ayuso (UAE Team Emirates).

Quanto a Ivo Oliveira, acabou por ser o último da etapa, no 116º posto, a 8:06 do vencedor. Em termos de geral, o português da Emirates, fecha no 88º lugar, a 39:57.

Em relação às restantes classificações, Ethan Hayter triunfa nos pontos, Toms Skujins (Trek) leva a montanha, Juan Ayuso a juventude, e a Jumbo-Visma a classificação por equipas.

Classificações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock