Van Poppel quebra jejum de quase dois anos!

O holandês Danny Van Poppel, da Circus-Wanty Gobert, levou de vencida a 17ª edição da Gooikse Pijl, batendo ao sprint o belga Gerben Thijssen, da Lotto Soudal, e o holandês Arvid De Kleijn, da Riwal Securitas Cycling Team.

Com as emoções do ciclismo bem ao rubro do outro lado da fronteira, com a última etapa do Tour de France, disputou-se em solo belga a clássica de Gooikse Pijl. A corrida apresentava uma extensão de 200.7 km num percurso com partida e chegada em Gooik. A altimetria da jornada era praticamente plana, sendo o sprint massivo o cenário mais provável para a discussão da competição.

A primeira fuga do dia foi composta por cinco elementos: Piotr Havik (Riwal Securitas), Jason Van Dalen (Metec-TKH), Laurenz Rex (Bingoal-Wallonie Bruxelles), Thimo Willems (Sport Vlaanderen-Baloise), e Mario Spengler (Lotto-Kern Haus). No entanto, esta movimentação acabaria por não durar muitos km.

De seguida, atacou um grupo de 13 unidades, onde se destacava o belga Philippe Gilbert (Lotto Soudal), mas também esta movimentação seria anulada. Dentro dos 10 km finais, Gilbert voltou a tentar, desta feita com a companhia de Bert Van Lerberghe (Deceuninck-Quick Step), e a dupla conseguiu mesmo abrir um fosso de 30 segundos para o pelotão. Contudo, os interesses num sprint massivo eram muitos, e rapidamente se percebeu que este não seria um dia para um ataque resultar.

No sprint final, Danny Van Poppel foi o mais forte, batendo Gerben Thijssen e Arvid De Kleijn. Com este triunfo, o sprinter holandês termina com uma seca de vitórias que durava já desde 2 de Outubro de 2018, dia em que venceu outra clássica belga, a Binche-Chimay-Binche, na altura com as cores da Lotto-Jumbo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock