Um ataque para a história!

A britânica Elizabeth Deignan, da Trek-Segafredo, venceu a edição inaugural da clássica Paris-Roubaix Femmes, chegando isolada ao velódromo de Roubaix depois de um ataque a mais de 80 km da meta! Na 2ª posição, a mais de 1 minuto, terminou a neerlandesa Marianne Vos, da Jumbo-Visma, enquanto o 3º posto ficou para a italiana Elisa Longo Borghini, garantindo mais um lugar no pódio para a Trek-Segafredo!

Um dos destaques da jornada vai para a excelente prestação de Maria “Tata” Martins, da Drops – Le Col s/b TEMPUR, que termina a prova num brilhante 19º lugar, a 5:55 da vencedora.

A 1ª edição do Paris-Roubaix Femmes propunha um desafio de 116.4 km, com 18 setores de empedrado, para um total de 29.2 km de corrida em cima dos famosos paralelepípedos.

Perfil da 1ª edição do Paris-Roubaix Femmes

Na fase inicial da corrida, existiram alguns ataques, mas nenhuma fuga conseguiu sair nos primeiros 20 km. À entrada do primeiro setor de pavé, a cerca de 82 km da meta, Lizzie Deignan colocou-se na frente do pelotão e forçou o andamento. Claramente em dia sim, a britânica da Trek-Segafredo rapidamente ganhou algum espaço sobre o pelotão, que não teve capacidade de resposta para o poderoso ataque.

A 60 km do final, a vantagem de Deignan crescia para 1:37, começando a tornar-se uma grande dor de cabeça para as restantes favoritas. Pouco depois, ciente que não havia uma perseguição efetiva no pelotão, atacou Marianne Vos (Jumbo-Visma), o que causou um fracionamento do grupo principal.

A chuva ia caindo sobre as atletas, conferindo um cenário apropriado para esta pioneira competição. Na frente, Deignan continuava a acumular segundos e a vantagem crescia até aos 2:40. A 20 km do final, com o avanço ainda acima dos 2 minutos, formava-se um grupo de perseguição com cerca de 20 atletas. Pouco depois, atacava novamente Vos, conseguindo reduzir a distância para Deignan no último setor de grau de dificuldade elevado. Faltavam menos de 7 km para a meta e, com 1:14 de vantagem, a britânica tinha a vitória no bolso.

No final, Deignan entrou isolada no velódromo de Roubaix, pedalando em jeito de consagração, antes de levantar os braços ao cruzar a meta! Com uma desvantagem de 1:17, terminou Marianne Vos (Jumbo-Visma), a mais inconformada das perseguidoras, com Elisa Longo Borghini a fechar o pódio, 1:47 depois da companheira de equipa da Trek-Segafredo. No 4º lugar ficou a alemã Lisa Brennauer (Ceratizit-WNT Pro Cycling), com Marta Bastianelli (Alé BTC Ljubljana) a vencer um sprint a seis pelo 5º posto, já a 2:10 da vencedora.

Em grande destaque esteve a lusa Maria “Tata” Martins (Drops – Le Col s/b TEMPUR), fechando no 19º posto, a 5:55 de Deignan!

O pódio final da edição inaugural do Paris-Roubaix Femmes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock