Tudo começa como acabou em 2020! Roglic é o primeiro líder da La Vuelta!

O esloveno Primoz Roglic (Jumbo – Visma) venceu a primeira etapa da 76ª La Vuelta a España, um contrarrelógio individual de 7.1km na cidade de Burgos, e é o primeiro Camisola Vermelha da corrida espanhola! O Campeão Olímpico da especialidade bateu o espanhol Alex Aranburu (Astana – Premier Tech) por 6s, e o compatriota Jan Tratnik (Bahrain Victorious) por 8s.

Num percurso curto, duro e bastante distinto, os ciclistas arrancaram para a estrada a partir das 16h44, e o primeiro tempo de referência foi do britânico Adam Yates (Ineos Grenadiers), que concluiu o esforço em 8:52 e foi o mais rápido no topo da contagem de terceira categoria durante bastante tempo. 20min depois chegaria o seu colega de equipa Dylan van Baarle com o tempo de 8:43, que o colocaria no topo das classificações por quase 40min, sem que alguém se conseguisse até então aproximar do próprio tempo de Yates.

A grande surpresa do dia acabaria por bater o tempo de van Baarle e marcar o novo melhor tempo, com Alex Aranburu a concluir a prova com um grande registo de 8:38, que o colocaria na cadeira quente quase até ao fim do contrarrelógio. Tom Scully (EF Education – Nippo) primeiro, Jan Tratnik e Josef Cerny (Deceuninck – Quick Step) tentariam bater o tempo do espanhol, mas ficariam perto, demasiado perto, nem sequer a cinco segundos, mas não o conseguiriam fazer.

Foi apenas o último ciclista na estrada, o dorsal #1, Primoz Roglic, que acabou por conseguir superar o registo de Aranburu, e com um tempo de 8:32 levar de vencida este contrarrelógio! Entre os seus adversários, Aleksandr Vlasov (Astana – Premier Tech) foi o que deu melhor réplica, fechando na décima posição a 14s. Romain Bardet (Team DSM), Enric Mas e Miguel Angel Lopez (Movistar) defenderiam-se também bastante bem, perdendo, 17, 18 e 21s, respetivamente, ao passo que Richard Carapaz e Egan Bernal (Ineos Grenadiers) perderiam 25 e 27s. Por outro lado, Hugh Carthy (EF Education – Nippo), e Mikel Landa (Bahrain Victorious) seriam os que se defenderiam pior, terminando a 33 e 39s, respetivamente.

Nelson Oliveira (Movistar) foi o melhor português, na 32ª posição a 24s, enquanto Rui Oliveira (UAE Team Emirates) foi 173º a 1:17. Rui Oliveira saiu com a bicicleta normal, na tentativa de ser o primeiro líder da montanha, mas não o viria a conseguir, tendo sido batido por Sepp Kuss (Jumbo – Visma) e por Sep Vanmarcke (Israel Start-Up Nation).

Primoz Roglic é o primeiro líder da La Vuelta, e da sua classificação por pontos. Sepp Kuss é o primeiro líder da montanha e Andrea Bagioli (Deceuninck – Quick Step) é o melhor jovem.

Os últimos metros de Roglic

Classificações Completas

Classificações do Passatempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock