Thomas Pidcock, o futuro dos Ingleses, conquista Giro Itália U23

A grande promessa britânica Thomas Pidcock (Trinity Racing Team) venceu o Giro Ciclistico d’Itália, uma das provas por etapas mais importantes do calendário sub-23 em que brilhou e deu espetáculo!

Com 8 etapas, a Volta a Itália do Futuro ou Giro d’Itália U23 foi desde cedo atacado, com o espanhol Alejandro Ropero (Kometa – Xstra) a vencer a primeira etapa, num dia com perfil acidentado, e a ficar de rosa durante dois dias. Luca Colnaghi (Zalf Euromobil Désirée Fior) venceu ao segundo dia, numa etapa com apenas uma contagem de segunda categoria a meio da tirada, mas devido ao atraso do dia anterior, subiu apenas a 6º na classificação geral

Ao 3º dia, uma etapa que também se previa calma, foi atacada por alguns dos favoritos, onde Pidcock não ficou para trás. Uma nova liderança, desta vez para um homem da casa, Luca Colnaghi, ele que também tinha vencido ao sprint no dia anterior.

Mas a montanha, mais dura, já que em Itália há sempre altos e baixos, chegou a matar (e para ficar) na 4ª etapa. E aí “Tom” Pidcock já não perdoou. Tal como não perdoou na chegada em alto (7ªEtapa) a Montespluga nem hoje (8ª Etapa) com passagem por uma categoria especial muita famosa, o Passo del Mortirolo. A camisola nunca mais saiu do corpo do jovem e talentoso britânico, que por esta altura deixa agua na boca e uma esperança de novas vitórias em Grandes Voltas em Categoria Elite para os britânicos.

Pelo meio vitórias na 5ª e 6ª etapa para Jonathan Milan (Cycling Team Friuli ASD) e Jordi Meeus (SEG Racing Academy), em etapas que terminaram ao sprint.

O belga Henri Vandenabeele (Lotto – Soudal U23) e o Italiano Kevin Colleoni (Biesse Arvedi), ambos com 2 segundos lugares em etapas, terminaram a prova na 2ª e 3ª posição na geral, atrás de Pidcock.

Daniel Viegas foi o único português presente, ao serviço da Kometa – Xstra, mas não terminou a prova.

Lista dos Líderes das Várias Classificações:

  • Rosa Enel Jersey – Classificação geral: Thomas “Tom” Pidcock (Trinity Racing Team)
  • Red Pinarello Jersey – Classificação por Pontos: Luca Colnaghi (Zalf Euromobil Désirée Fior)
  • Green Work Service Jersey – Classificação da Montanha: Thomas “Tom” Pidcock (Trinity Racing Team)
  • GLS Blue Jersey – Classificações dos Sprints intermédios: Cristian Rocchetta (General Store-Essegibi)
  • AIDO White Jersey – Classificação da Juventude: Edoardo Zambanini (Zalf Euromobil Désirée Fior)
  • ENIT Jersey Multicolor – Classificação Combinada: Thomas “Tom” Pidcock (Trinity Road Racing)

Nunca um britânico tinha ganho esta prova e melhor prestação tinha sido a de Peter Kennaugh com um 3º lugar em 2009. Em 2018, João Almeida esteve presente e deu show, mas perdeu o Giro para Aleksandr Vlasov, devido a um percalço na penúltima etapa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Nem um empurrão de Serrano tirou a primeira vitória profissional de Edward Planckaert!

Edward Planckaert (Alpecin-Fenix) ganhou a primeira etapa da Vuelta a Burgos, batendo Gonzalo Serrano (Movistar) sobre a linha de meta, mesmo depois de ter levado um empurrão do espanhol. Numa chegada coincidente com uma rampa em Burgos, uma aceleração de Romain Bardet (Team DSM) com quatro corredores foi sucificente para abrir uma brecha, e quintento […]

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock