Taminiaux impõe-se em sprint apertado! Siskevicius novo líder dos 4 Dias de Dunquerque!

O belga Lionel Taminiaux, da Alpecin-Fenix, venceu a etapa 4 de 6 dos 4 Jours de Dunkerque / Grand Prix des Hauts de France, ao impor-se no sprint final a toda a concorrência! No segundo posto, terminou Stanisław Aniolkowski, da Bingoal Pauwels Sauces WB, enquanto o terceiro lugar ficou para Gerben Thijssen, da Intermarché – Wanty – Gobert.

A quarta jornada dos 4 Dias de Dunquerque trazia uma ligação de 174.8 km, entre Mazingarbe e Aire-sur-la-Lys, em mais um dia que favorecia os sprinters, apesar de algumas pequenas colinas pelo caminho.

Perfil da etapa 4 dos 4 Dias de Dunquerque

O início da etapa decorreu em ritmo frenético, com múltiplos ataque e com o pelotão a esticar no acesso à primeira subida do dia.

Depois da subida, dois corredores conseguiram destacar-se: Alexandre Delettre (Cofidis) e Evaldas Siskevicius (Go Sport – Roubaix Lille Métropole), quinto à geral, a 4 segundos da liderança de Arvid de Kleijn. Assumia o controlo do pelotão a St Michel-Auber 93, tentando fechar o espaço para a frente da corrida. Era uma jogada inteligente de Siskevicius, que pouco depois bonificou 5 segundos no sprint intermédio, a margem que necessitava para ascender à liderança da corrida!

De seguida, o pelotão alcançava os fugitivos e voltávamos a uma situação de grupo compacto. Rodava-se perto do ponto intermédio na etapa, e o cenário convidava a nova tentativa de fuga, que surgiu mesmo através do ataque de quatro unidades: Jonathan Couanon (Nice Métropole Côte d’Azur), Ludovic Robeet (Bingoal Pauwels Sauces WB), Léo Danès (Team U Nantes Atlantique), e ainda o líder da montanha, Alex Colman (Sport Vlaanderen – Baloise), que pouco depois capitalizava o seu esforço, amealhando mais alguns pontos na terceira subida do dia.

A 65 km do final, cerca de 1:53 separavam fuga e pelotão, onde as despesas da perseguição iam ficando a cabo da Go Sport-Roubaix Lille Métropole.

Com 30 km para a meta, a margem rondava 1 minuto, com a St Michel-Auber 93 e a Burgos-BH a juntarem-se à Go Sport-Roubaix na frente do pelotão. O esforço do grupo principal compensou, com a fuga a acabar por ser anulada à entrada dos 8 km finais.

Nessa fase, tomou conta do pelotão a B&B Hotels-KTM, liderando o grupo até perto dos 2 km finais.

No assomo à meta, surgiu na frente a Groupama-FDJ, lançando o sprint para Bram Welten, com as restantes equipas sem qualquer apoio aos seus sprinters. No entanto, o ciclista neerlandês ficou fechado, com diversos corredores a ocuparem a estrada em direção ao risco! Com uma estrada larga, vários ciclistas lançaram a sua bicicleta em cima do risco, num final extremamente apertado! Foi necessário recorrer ao “photo-finish” para tirar as teimas, com o triunfo a ficar para Lionel Taminiaux, da Alpecin-Fenix, o segundo posto para Stanisław Aniolkowski, da Bingoal Pauwels Sauces WB, e o terceiro para Gerben Thijssen, da Intermarché – Wanty – Gobert.

As contas da etapa ditam então que Siskevicius é o novo líder, com 1 segundo de avanço sobre quatro corredores: Gerben Thijssen, Arvid de Kleijn, Lionel Taminiaux, e Philippe Gilbert.

Amanhã disputa-se a quinta e penúltima etapa dos 4 Dias de Dunquerque, com uma jornada de 183.7 km, entre Roubaix e Cassel, num dia com bastante empedrado e que promete ser fulcral na decisão da geral!

Classificações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock