Super Yates vence no Sassotetto e lidera agora o Tirreno!

Simon Yates (Mitchelton – Scott) venceu a quinta etapa do Tirreno-Adriático, quebrando a barreira dos principais favoritos no temível final do Sassotetto.

Yates torna-se também o novo líder geral da prova, depois de Michael Woods (EF Pro Cycling) ter ficado sem apoio perto de 5kms para o final – muito trabalhou Ruben Gerreiro para aguentar até aos 5kms finais! Geraint Thomas (Ineos Grenadiers) e Rafał Majka (Bora – Hansgrohe) terminaram em segundo e terceiro, 35 segundos atrás de Yates, com Alexander Vlasov (Astana Pro Team) em quarto, a 39 segundos.

“Um dia realmente bom. Muito bom trabalho da equipa. Agora, temos de nos defender. É sempre difícil defender a camisola. O contra-relógio não é o meu ponto mais forte, por isso vamos ver. Mas vamos apreciar isto hoje e depois vamos a partir daí”.

Simon Yates no final da etapa.

A subida final foi tão decisiva como se esperava, com todos os favoritos do CG espalhados pela estrada no final.

Yates fez o seu ataque a 4,5 km do final, no momento em que Woods ficou sozinho. Fausto Masnada (Deceuninck-QuickStep) e Gianluca Brambilla (Trek-Segafredo) tentaram seguir a roda, mas o britânico tinha outros objetivos e largou-os rapidamente, para sozinho trepar o resto da subida, segurando um forte grupo de perseguição, e obter a vitória.

Ruben Guerreiro foi 16º na etapa, a 2:21, chegando no grupo de Haig, Fuglsang e Oomen, e segue agora em 41º a 19:45 na geral. Já Rui Costa foi 46º a 10:20, e é 29º na geral, a 11:26 de Yates.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock