Super Remco domina contrarrelógio e mete uma mão na vitória da Algarvia!

O belga Remco Evenepoel (Quick-Step Alpha Vinyl) venceu a quarta etapa da Volta ao Algarve, um contrarrelógio individual de 32.2km entre Vila Real de Santo António e Tavira, cumprindo o percurso em 37:49, batendo o Campeão Europeu, o suíço Stefan Kung (Groupama – FDJ), por 58s e o Ethan Hayter (Ineos Grenadiers) por 1:06.

Em dia de contrarrelógio decisivo, vários eram os nomes apontados à vitória, com os portugueses a depositarem as suas esperanças no português Rafael Reis (Glassdrive – Q8 – Anicolor) para terminar entre os melhores do dia, e, quiçá, procurar repetir a vitória de 2021. Yves Lampaert (Quick-Step Alpha Vinyl) foi o primeiro a marcar um tempo de referência, em 42:20, mas 3min depois chegaria Rafael, em 41:15, para se colocar na primeira posição e assumir a cadeira quente durante quase 1h!

O australiano Jay Vine (Alpecin – Fenix) chegaria logo a seguir, a apenas 3 décimos de segundo do português, assumindo a segunda posição provisória. Kasper Asgreen (Quick-Step Alpha Vinyl) chegava também a perder para o português, gastando 41:38, talvez pensando em poupar algumas forças para amanhã, onde irá ser chamado ao trabalho no pelotão. Lukas Postlberger (Bora – Hansgrohe) era uma das boas surpresas do dia, cumprindo 41:26, e o alemão Michel Hessmann (Jumbo – Visma) chegava com 41:17.

José Gonçalves (W52 – FC Porto) era outra das grandes referências entre os portugueses, terminando em 41:56, mas atrás de si chegava Geraint Thomas (Ineos Grenadiers), que com 41:14 batia Rafael Reis por apenas 4 décimos de segundo! Poucos minutos depois chegava o neerlandês Daan Hoole (Trek – Segafredo) com um tempo canhão de 39:27, ele que foi bronze nos últimos Europeus no escalão sub-23! O francês Clement Russo (Arkea Samsic) cumpria na segunda posição provisória de seguida, com o registo de 40:29. O norueguês Johannes Staune-Mittet (Jumbo – Visma) terminava em 41:02.

Os principais candidatos à vitória final chegavam pouco depois e eram eles que iriam marcar os melhores tempos! A marca do espanhol Jonathan Castroviejo (Ineos Grenadiers) deixava já antever um belo tempo, com o espanhol a cumprir em 40:30. Ainda assim, era o jovem Xabier Azparren (Euskaltel – Euskadi) o melhor espanhol do dia, terminando em 40:18.

O Campeão Europeu Stefan Kung marcava pouco depois o melhor tempo, em 38:47, e parecia arrastar atrás de si uma onde de velocidade, com Thibault Guernalec (Arkea Samsic) a marcar o sexto tempo final em 39:16 e Tobias Foss (Jumbo – Visma) o quarto, em 39:00. Dentro do top10, Daniel Martínez (Ineos Grenadiers) concluía em 39:19, marcando também ele um grande registo!

A voar vinha Remco Evenepoel, ele que destruía todos os registos intermédios para marcar 37:49 e se sagrar assim o grande vencedor deste contrarrelógio! Atrás de si chegavam Ethan Hayter, com o terceiro tempo, em 38:55 e Brandon McNulty (UAE Team Emirates) com o quinto, em 39:14. Por fim, o camisola amarela, David Gaudu (Groupama – FDJ) cortava a meta com um surpreendente nono registo, em 39:58, que ainda assim não lhe daria para manter a camisola amarela.

Com este triunfo, Remco Evenepoel é o novo líder da classificação geral, com 1:06 sobre Hayter! O belga alarga também a liderança na classificação da juventude. Fábio Jakobsen (Quick-Step Alpha Vinyl) mantém a liderança da classificação por pontos e João Matias (Tavfer – Mortágua – Ovos Matinados) mantém a liderança da classificação da montanha.

Resultados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock