Sosa vence etapa, mas o show, esse é da QuickStep!

O colombiano da Ivan Sosa da Team Ineos venceu a quinta etapa da Vuelta a Burgos, uma ligação de 158km, com partida em Covarrubias e chegada em Lagunas de Neila, numa contagem de categoria especial. No segundo lugar terminou o espanhol Mikel Landa da Bahrain-McLaren a 9 segundos, e em terceiro o belga Remco Evenepoel a 11 segundos.

Última etapa da Vuelta Burgos, uma etapa brutal de alta montanha, que prometia imenso e assim cumpriu! A fuga do dia formou-se com muito bons nomes, entre os quais os de Daniel Navarro, e o ex-ciclista da OFM Quinta da Lixa Delio Fernandez. A fuga atingiu os 6 minutos de vantagem, mas foi alcançada a 10.5km do final, com o último resistente Angel Madrazo (Burgos – BH) a não conseguir resistir na frente.

A entrada na subida deu-se já com cerca de 50 ciclistas apenas no grupo principal, e a todo o gás, por força da Bahrain e da Mitchelton. Landa atacou com 3.9km para o final, mas foi rapidamente alcançado graças ao esforço de Sepp Kuss, porém Bennett cedia atrás, e Kuss teve de ficar à sua espera, o que possibilitou nova saída de Landa para se isolar.

João Almeida ia cedendo terreno, mas aos poucos o português colocou o seu ritmo e foi passando os rivais 1 a 1. Yates continuava a puxar o grupo, e conseguiu levar até Landa o seu líder, Esteban Chaves, assim como Remco Evenepoel e Ivan Sosa. Chaves rapidamente cedeu, e mais atrás, João Almeida foi subindo e subindo, e estava quase quase em cima do trio na frente, quando Evenepoel decidiu atacar, sem sucesso, já que Landa conseguiu fechar o espaço.

Final da etapa, com vitória de Ivan Sosa

O ataque acabou por ser crítico para o português que não mais viu o grupo da frente, que acabou por seguir para disputar a etapa. Ivan Sosa, sem obrigações à geral, havia seguido sempre na roda, e pôde saltar e vencer a etapa com tranquilidade, enquanto Landa ainda conseguiu dar 2s para Evenepoel, garantindo assim a vitória na classificação por pontos.

João Almeida foi 4º, a 38 segundos, o que o fez garantir uma posição de pódio na geral final, com o terceiro lugar a 1’12” de Evenepoel, que assim arrecada a vitória na classificação geral e da juventude. É um regresso brutal do jovem português, garantindo assim o primeiro pódio numa geral ao serviço da Deceuninck-QuickStep, em mais uma volta em que os miúdos deram chocolate aos restantes. Mikel Landa foi segundo na geral a 30s.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock