Senhoras e Senhores, o regresso de Fabio Jakobsen à tão esperada vitória!

Fabio Jakobsen (Deceuninck – Quick Step) obteve a sua primeira vitória desde que sofreu lesões devastadoras num acidente durante o Tour de Pologne em 2020! O holandês bateu a concorrência ao sprint, numa etapa improvisada de última hora, com 120km e 30 voltas ao famoso circuito de Zolder. O colombiano Fernando Gaviria (UAE Team Emirates) e o belga Amaury Capiot (Arkéa – Samsic) foram segundo e terceiro, respetivamente.

Jakobsen, de 24 anos, sofreu lesões brutais no rosto e pescoço, na etapa de abertura do Tour de Pologne, há quase um ano, depois de uma queda com o seu rival Dylan Groenewegen (Jumbo – Visma). A força do impacto com as barreiras metálicas deixou Jakobsen com uma grave lesão na cabeça, graves danos no seu palato mole e maxilar, e a perda da maior parte dos seus dentes. Foi submetido a numerosas cirurgias e a uma longa reabilitação antes de voltar a a pegar na bicicleta no estágio de pré-época da Deceuninck – Quick Step em dezembro.

Jakobsen fez o seu regresso às corridas em abril, no Tour of Turkey, antes de participar na Volta ao Algarve e no Criterium du Dauphiné. A sua vitória no Tour de Wallonie é um “alívio” e é para o corredor o fim da sua reabilitação.

“Estou de volta e ansioso por ganhar mais etapas!”

Fabio Jakobsen

Rui Oliveira (UAE Team Emirates), André Carvalho (Cofidis) e Diogo Barbosa (Hagens Berman – Axeon) chegaram todos integrados no pelotão, nas posições 98, 101 e 116, respetivamente.

Os 184km planeados da etapa 2 de Verviers para Herve foram encurtados devido às inundações devastadoras que varreram a Holanda, Bélgica e Alemanha esta semana. Em vez disso, os ciclistas acabaram por disputar uma etapa improvisada de 120 km no Circuit Zolder Motorsport.

Classificações Completas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock