Sam Bennett vence primeiro embate na Vuelta a San Juan num final bastante perigoso!

Hoje começou a 39ª edição da Vuelta a San Juan, começando com uma etapa plana de 143.9 km. Começa nas ruas da cidade de San Juan, indo até Vallecito e voltando para San Juan. Ao longo da etapa irão ser encontradas 2 metas volantes (Km 27.2 e 98.4) e 2 prémios de montanha de 3ª categoria (Km 56.9 e 66). O perfil da etapa favorecia um final ao sprint, onde o campeão europeu, Fabio Jakobsen (Soudal – Quick-Step) e Sam Bennett (BORA – Hansgrohe) eram os maiores candidatos a vencer a etapa inaugural. Elia Viviani (INEOS Grenadiers), Fernando Gaviria (Movistar), Peter Sagan (TotalEnergies) e Giacomo Nizzolo (Israel – Premier Tech) eram outros nomes sonantes.

Perfil da Etapa 1 da 39ª Vuelta a San Juan – 22 de janeiro

Haviam passado 18 km do começo da etapa, quando uma fuga já se começava a isolar na frente, composta por Leonardo Cobarrubia (SEP San Juan), Dario Alvarez (Chimbas Te Quiero), Daniel Omar Juarez (Agrupación Virgen de Fatima), Christofer Robín Jurado (Panama es Cultura y Valores), Francisco Kotsakis (Seleção do Chile), Nahuel Soarez de Lima (Seleção do Uruguai) e Nahuel Mendez (Municipalidad de Rawson).

Depois de 27.2 km percorridos, a fuga passou a primeira meta volante com uma vantagem de 31 segundos sobre o pelotão, onde Leonardo Cobarrubia venceu, ganhando 3 pontos e 3 segundos de bonificação, Dario Alvarez foi 2º, obtendo 2 pontos e 2 segundos de bónus e em 3º ficou Daniel Omar Juarez, obtendo 1 ponto e 1 segundo. Depois de 32 km percorridos, mais 3 corredores juntaram-se à fuga, foram eles Manuele Tarozzi (Green Project – Bardiani – CSF – Faizane), Bolivar Espinoza (Panama es Cultura y Valores) e Nahuel Hernandez (Seleção do Uruguai).

Nos prémios de montanha a fuga começava a dividir-se, onde Manuele Tarozzi, Nahuel Mendez e Chrsitofer Jurado se destacaram, seguindo sozinhos. Nas 2 contagens a ordem foi a mesma: Christofer Jurado passou em primeiro, vencendo 6 pontos (3+3), seguido de Nahuel Mendez, que acumulou 4 pontos (2+2) e em 3º ficou Manuele Tarozzi, acumulando 2 pontos (1+1).

Na 2ª meta volante do dia seguiam apenas 2 atletas: Leandro Velardez (nova entrada no grupo), que venceu, somando 3 pontos e 3 segundos e Manuele Tarozzi, que fez 2º e levou 2 pontos e 2 segundos de bonificação. … ficou em 3º lugar, amealhando 1 ponto e 1 segundo de bonificação. A fuga era apanhada a 20 km do final, apontando tudo para um final ao sprint.

A DSM e a Soudal – Quick-Step surgiram na frente nos últimos kms, com o trabalho de Remco Evenepoel a ser chave para o desenrolar das decisões. O Campeão do Mundo quebrou o comboio da equipa germânica sozinho, e tudo parecia levar a um novo lançamento de manual da equipa belga. Porém, num final perigoso, o belga saiu para o lado errado da estrada, e Fabio Jakobsen ficou preso pouco atrás de si, enquanto Lampaert e Morkov saíram para o lado correto. Danny van Poppel (Bora – Hansgrohe) tomou a frente, e com um super lançamento levou Sam Bennett à vitória, fechando ele próprio em quarto! Michael Morkov (Soudal – Quick-Step) foi segundo e Giacomo Nizzolo (Israel – Premier Tech) terceiro.

Entre os elementos da equipa portuguesa AP Hotels & Resorts – Tavira – SC Farense, Miguel Salgueiro foi o primeiro a cortar a linha de meta, na 31ª posição, com o mesmo tempo do vencedor.

Sam Bennett é assim o primeiro líder da Vuelta a San Juan, com o dinamarquês Tobias Lund Andersen (Team DSM) a liderar na juventude. Christopher Jurado (Panamá es Cultura y Valores) comanda na montanha e Leonardo Cobarrubia (SEP San Juan) nos sprints intermédios. A Bora – Hansgrohe lidera coletivamente.

Classificações

Results powered by FirstCycling.com

Foto: Vuelta a San Juan

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock