Riejanne Markus vence etapa 2 e é a nova líder do Ladies Tour of Norway!

A holandesa Riejanne Markus (Jumbo – Visma) venceu a segunda etapa do Ladies Tour of Norway, uma ligação de 136.6km entre Askim e Mysen, após ter sobrevivido durante 23km isolada na frente ao elevado ritmo do pelotão e ao sprint final da americana Coryn Rivera (Team DSM), que foi segunda a 2s.

A segunda etapa do Ladies Tour of Norway começou de forma calma. Corridos 25km da etapa e ainda não tinha acontecido nenhum movimento no pelotão. Foi ao km 26 que a líder da geral, Kristen Faulkner (Team TIBCO – Silicon Valley Bank), bateu Alison Jackson (Liv Racing) pelo sprint intermédio. Só 20km depois é que começaram as primeiras mexidas. Aude Biannic (Movistar Team) e Audrey Cordon – Ragot (Trek – Segafredo) conseguiram uma vantagem sobre o pelotão e formaram a primeira escapada do dia.

A 70km do fim, as duas da frente tinham 1:50 de vantagem sobre o pelotão. 5km depois, Nina Buysman (Parkhotel Valkenburg) e Tiril Jorgensen (Norway National Team) saíram do pelotão com o objetivo de alcançar as duas da frente, que acabaram por lutar pela única contagem de montanha do dia, onde Aude Biannic levou a melhor. Buysman e Jorgensen não conseguiram chegar a Biannic e Cordon – Ragot, e foram apanahadas pelo pelotão.

A 50km do fim, a vantagem do grupo da frente era de 1:05 sobre o pelotão. Riejanne Markus atacou no pelotão e foi ganhando tempo de forma progressiva, juntando-se à dupla francesa 10km depois, com o trio a ter 50s de vantagem sobre o pelotão.

A 38km do fim, as três da frente tinham 1:30 de avanço, e 2km depois começaram a haver acelerações de várias equipas no pelotão, que diminuíram a vantagem da fuga em 30s. A 28km, a vantagem das escapadas estabilizou nos 35s, e 2km depois Riejanne Markus bateu ao sprint as suas companheiras de fuga pelo sprint intermédio.

A 23km do fim, o ritmo no pelotão aumentou devido às acelerações da Valcar – Travel & Service, que fez diminuir a vantagem para 25s. Com esta aceleração, a fuga foi obrigada a também aumentar o ritmo, e Biannic e Cordon – Ragot não conseguiram seguir Markus, que passou a seguir isolada na frente. Com 3km isolada na frente, Markus conseguiu aumentar a sua vantagem para 30s.

A 13km da meta, Markus conseguiu aumentar a sua vantagem para um 1:00 sobre o pelotão, que não estava a conseguir recuperar tempo. 3km depois e o pelotão continuava aflito, com Markus a ganhar mais 15s de vantagem.

A 8km da meta, a Team DSM aumentou o ritmo no pelotão e diminuiu a vantagem de Markus para 55s. Com o passar dos quilómetros, Markus via a sua vantagem a diminuir ainda mais, mas a holandesa conseguia resistir ao forte ritmo do pelotão.

A 2km da meta, a vantagem de Markus tinha diminuído para 20s, mas a holandesa resistia, aguentando esta vantagem até ao último quilómetro, onde começava o falso plano final. Já no pelotão, a Team DSM comandava para tentar levar Coryn Rivera à vitória. Markus conseguiu resistir ao forte ritmo do pelotão e venceu a segunda etapa do Ladies Tour of Norway, alcançando a sua primeira vitória no World Tour. Coryn Rivera bateu facilmente o resto das ciclistas pelo segundo lugar com um sprint esmagador. Alison Jackson foi terceira.

Com a vitória, Riejanne Markus é a nova líder da classificação geral, enquanto Kristen Faulkner, apesar de ter perdido a liderança da geral, continua com a liderança da classificação por pontos. Nina Buysman mantém a liderança na classificação da montanha e Mischa Bredewold (Parkhotel Valkenburg) é a nova líder da classificação da juventude.

Os metros finais

Classificações Completas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock