Rafael Reis triunfa no prólogo e é o primeiro líder da Volta a Portugal!

Rafael Reis, da Efapel, venceu o prólogo da Volta a Portugal, batendo toda a concorrência no curto percurso de Belém e assumindo assim a primeira liderança da competição!

No 2º posto terminou outro corredor da formação canarinha, o uruguaio Mauricio Moreira, fechando a 10 segundos do companheiro de equipa, enquanto o 3º lugar ficou para o espanhol Lluís Mas, da Movistar!

Para o prólogo da Volta, a organização optou por um regresso às ruas de Belém, quatro anos após a última ocasião. Perante os ciclistas, perfilava-se uma jornada curta e simples, com 5.4 km de corrida que iriam partir do Jardim do Império, rumando em direção à Ponte 25 de Abril para depois fazer o percurso inverso, sempre junto ao Rio Tejo.

Como a idade é um posto, o primeiro a partir para a estrada foi o mais veterano do pelotão, William Bjergfelt, da SwiftCarbon Pro Cycling, britânico de 42 anos. Logo de seguida partiu um candidato a fazer um tempo de referência nesta tirada, Daniel Freitas, da Radio Popular Boavista. Bjergfelt estabeleceu o primeiro tempo do dia, com 6:46, seguindo-se Freitas com 6:38.

O tempo do homem da Radio Popular seria batido por Samuel Caldeira, da W52-Porto, e pouco depois seria a vez do espanhol Diego Lopez, da Kern Pharma, fazer novo melhor registo, com 6:25.

O tempo de Lopez ainda se manteve durante algum tempo, até que chegou um homem de uma formação com responsabilidades nesta Volta, a Movistar Team, equipa do World Tour, escalão máximo do ciclismo mundial. O espanhol Lluís Mas fazia 3 segundos melhor que o compatriota e era o novo ocupante da cadeira quente.

Depois seria altura para a Efapel começar a ditar a sua lei! O uruguaio Mauricio Moreira fez o melhor tempo, com 6:21, e depois o seu companheiro de equipa e favorito à partida, Rafael Reis, acabaria por fazer uma marca que mais ninguém seria capaz de igualar, com um registo supersónico de 6:11, numa média horária de 52.399 km/h!

No final, o grande vencedor da jornada foi então Rafael Reis, que irá assim envergar a primeira camisola amarela da Volta a Portugal, com o seu companheiro de equipa, Mauricio Moreira, no 2º posto, a 10 segundos de distância. No 3º lugar ficou Lluís Mas, da Movistar, com a formação espanhola a colocar ainda Mathias Norsgaard no 5º posto e Juri Hollmann no 7º.

Entre os principais candidatos à vitória final na Volta, acabou por haver algum equilíbrio com nomes como Gustavo Veloso (10º na etapa), António Carvalho, Joni Brandão, João Rodrigues, Alejandro Marque, Gavin Mannion, Sergio Samitier, Henrique Casimiro, João Benta, e Frederico Figueiredo (55º) separados por 13 segundos. Um dos penalizados da jornada acabou por ser mesmo o campeão em título, Amaro Antunes, da W52-Porto, terminando em 67º, a 37 segundos do vencedor e a ceder já 17 para Veloso, por exemplo.

Amanhã disputa-se a primeira etapa da competição, com uma ligação de 175.8 km, entre Torres Vedras e Setúbal, num dia onde o grande destaque vai para a emblemática subida ao Alto da Arrábida, que ajudará a fazer a seleção para a chegada na capital do Sado!

Rafael Reis é o primeiro líder da Volta a Portugal

Classificações Completas

Classificações do Passatempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock