Primeira vitória para Cavagna com as cores de França no World Tour! Geraint Thomas de regresso aos triunfos em provas por etapas!

O Campeão Francês de Contrarrelógio Remi Cavagna (Deceuninck – Quick Step) venceu este domingo o contrarrelógio individual da última etapa do Tour de romandie, com 16.1km de extensão e partida e chegada em Friburgo. Cavagna superiorizou-se em 6s ao jovem suíço Stefan Bissegger (EF Education – Nippo) e em 17s ao vencedor da classificação geral final, o britânico Geraint Thomas (Ineos Grenadiers), para vencer pela primeira vez esta temporada e conquistar a primeira vitória desde que se havia sagrado Campeão Nacional de França no esforço individual.

O dia começou com os principais contrarrelogistas a colocarem tempos de referência desde cedo, com Alex Edmondson (Team BikeExchange) a colocar o primeiro tempo de referência em 22:55. Logo de seguida chegaria Bissegger com um tempo canhão de 22:00, que superaria os esforços do Campeão do Mundo de Contrarrelógio Filippo Ganna (Ineos Grenadiers) que fez apenas 22:31, do eslovento Jan Tratnik (Bahrain Victorious) que fez 22:49 e do suíço Campeão Europeu Stefan Kung (Groupama – FDJ), que terminou em 22:45. Antes de Kung chegaria ainda o grande vencedor do dia, Cavagna, em 21:54, que se colocou na primeira posição para não mais ser superado até ao final do dia.

Na luta pela classificação geral, Geraint Thomas foi quem se saiu melhor para fechar na terceira posição, com o seu colega de equipa Richie Porte (Ineos Grenadiers) a ser quinto no dia para garantir a segunda posição na classificação geral, com mais 28s que o seu colega de equipa. O italiano Fausto Masnada (Deceuninck – Quick Step) foi uma das grandes sensações do dia, ao ter sido sexto com apenas mais 1s que Porte, com um tempo que lhe valeu a terceira posição da geral, e o seu primeiro pódio numa corrida por etapas do World Tour.

O camisola amarela Michael Woods (Israel Start-Up Nation) teve um dia difícil, numa especialidade que não lhe agrada. Defendeu-se na medida do possível e foi 28º, com um tempo de 23:05, que o impediu de fazer melhor que a quinta posição na geral, a apenas 5s do pódio! Marc Soler (Movistar) fez também uma bela defesa, mas não chegou para bater Masnada, ao ser oitavo, a 34s do vencedor, e a fechar a apenas 1s de diferença de Masnada para ser quarto na geral. O australiano Ben O’Connor (AG2R Citroen Team) ainda se tentou defender da melhor forma possível, e fechou com 22:46, gastando apenas mais 1s que Kung, caindo para a sexta posição da geral, a 45s de Thomas e a 2s de Woods e do top5.

O português Rui Costa (UAE Team Emirates) foi apenas 43º a 1:25 de Cavagna, e manteve a 13ª posição da classificação geral, apesar de ter passado o norte-americano Sepp Kuss (Jumbo – Visma), mas sendo ultrapassado pelo italiano Mattia Cattaneo (Deceuninck – Quick Step) que terminou com o sétimo tempo do dia.

Geraint Thomas vence assim a sua primeira classificação geral de uma prova por etapas desde que havia vencido o Tour de France em 2018! O italiano Sonny Colbrelli (Bahrain Victorious) conquistou a classificação por pontos e o belga Kobe Goossens (Lotto Soudal) a da montanha. Thymen Arensman (Team DSM) foi o melhor jovem.

Pódio da Classificação Geral

Pódio final com Fausto Masnada – Geraint Thomas – Richie Porte (da esquerda para a direita)

Classificação Completa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock