Price-Pejtersen é o novo Campeão Mundial de CRI em Sub23, no 4º título consecutivo para a Dinamarca!

O dinamarquês Johan Price-Pejtersen venceu esta manha a prova de contrarrelógio dos Campeonatos do Mundo da Flandres e é o novo Campeão Mundial na categoria Sub23! Pejtersen cumpriu os 30.3km da prova em 34:29, superando o australiano Luke Plapp em 10s e o belga Florian Vermeersch em 11s, numa prova emocionante desde os primeiros momentos!

Com 68 ciclistas inscritos à partida, os Sub23 começaram o seu contrarrelógio do Campeonato do Mundo bem cedo pela manhã. O dinamarquês Adam Holm Jorgensen e o neozelandês Logan Currie foram os primeiros na estrada e marcaram desde cedo os primeiros tempos de referêcia, com as marcas de 35:52 e 35:29, respetivamente. Poucos minutos depois chegava o norte-americano Magnus Sheffield, em quebra, depois de um primeiro parcial assombroso, para fechar em 35:28 e subir à liderança provisória da corrida.

Não tardou muito para que Sheffield fosse batido, pois o australiano Luke Plapp vinha também a voar, em crescendo e sem quebras, e colocava a marca de 34:39 na chegada, após cumprir o percurso numa média de 52.4km/h! O australiano tomou conta do hot-seat durante quase toda a corrida e viu os adversários ficarem aquém da sua prestação. O neerlandês Mick van Dijke concluiu em 34:54, numa grande marca que lhe deu a segunda posição provisória, enquanto o neozelandês Finn Fisher-Black desiludiu um pouco e terminou em 35:35.

Foi preciso esperar pelos últimos 15 ciclistas para que novas ameaças voltassem a surgir, com o britânico Ethan Vernon a ser o primeiro a fazê-lo. Passando despercebido pelo olhar dos adeptos mais desatentos como favorito para o dia de hoje, Vernon realizou uma prova muito consistente e terminou em 35:13, um tempo que lhe deu a terceira posição provisória. O italiano Filippo Baroncini chegava pouco depois, em 35:27 e marcava também um belo registo.

Dentro dos últimos oito, o espanhol Raul Garcia Pierna acabou por desiludir um pouco e depois do sexto lugar no Europeu, fechou apenas na 16ª posição final, com o registo de 35:47. A maior emoção estava reservada para os últimos cinco, e o belga Florian Vermeersch marcava um registo assombroso de 34:41, fechando a apenas 1.2s de Plapp, com os locais a acreditarem até final que o seu atleta iria para a primeira posição. O alemão Michel Hessmann chegaria pouco depois em 35:18, para fechar também, sem surpresa, nos 10 melhores.

O neerlandês Daan Hoole era também dos maiores favoritos para o dia, e apesar de ter começado de forma mais lenta, para não quebrar no fim, voou no último setor do percurso e concluiu em 35:09, um tempo que lhe daria a sexta posição final. Era o norueguês Soren Warenskjold que chegaria de seguida, e acreditava-se que pudesse bater o tempo de Plapp, mas não aconteceu, com o ciclista da Uno-X a terminar a 3.2s de Plapp! Foi preciso esperar até ao fim para se encontrar o Campeão do Mundo, e Price-Pejtersen não desiludiu! O dinamarquês fez uma corrida em crescendo, tal como Ganna na tarde de ontem, e concluiu em 34:29 para se consagrar como o novo Campeão Mundial de Contrarrelógio nos Sub-23!

Classificações Completas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock