Pello Bilbao é o novo campeão espanhol de contrarrelógio! – Nacionais pela Europa dia 2

Segundo dia de Campeonatos Nacionais pela Europa fora, com o principal destaque a ser o contrarrelógio espanhol, que mesmo com uma startlist um pouco menos forte que o habitual (sem Castroviejo, nem Soler, Valverde ou Ion Izagirre). A vitória sorriu a Pello Bilbao (Bahrain – McLaren), que completou o traçado de 45.3km, um dos mais altos dos últimos anos com várias subidas, incluindo a final, nos últimos 3.6km, em 1:03:32. Luís Leon Sanchez (Astana Pro Team) e Gorka Izagirre (Astana Pro Team) completaram o pódio a 0:36 e a 1:36 respetivamente. Entre os ciclistas de equipas portuguesas, Vicente de Mateos (Aviludo – Louletano) foi o melhor classificado em 7º, a 3:29, enquanto Gustavo Veloso (W52 – FC Porto) fechou o top10 a 4:39. Alejandro Marque (Atum General – Tavira) foi 11º a 4:40, Gerard Armillas (Efapel) foi 16º a 5:43, Angel Sanchez (Miranda – Mortágua) foi 18º a 6:33, e Raul Rico (W52 – FC Porto) foi 31º a 9:42.

Mavi Garcia voltou a vencer o contrarrelógio espanhol.

Nas mulheres, vitória de Mavi Garcia (Ale BTC Ljubljana) que completou o percurso de 26.3km com 10 dos últimos 12km praticamente sempre em subida, para reconquistar o título que havia vencido em 2018! No segundo lugar terminou Sara Martin Martin (Sopela Women’s Team) a 1:46, e em terceiro Sheyla Gutierrez (Movistar Team) a 1:55.

Estreia a vencer de Remi Cavagna no contarrelógio francês.

Em França tivemos um dia muito emotivo com vitória de Remi Cavagna (Deceuninck – QuickStep), ele que completou o percurso de 43.6km em 54:42, batendo Benjamin Thomas (Groupama – FDJ), o vencedor do ano passado, por apenas 6 segundos! O terceiro lugar foi para Bruno Armirail (Groupama – FDJ) a 1:07.

Primeiro título de contrarrelógio em elites para a jovem Juliette Labous.

Também nas senhoras, a vitória foi decidida por uma margem muito pequena, ainda menor que nos homens, com Juliette Labous (Team Sunweb) a ser a mais rápida no percurso de 28.4km com um tempo de 41:13, batendo Audrey Cordon Ragot (Trek – Segafredo) por apenas 5 segundos! No terceiro lugar terminou Aude Biannic (Movistar Team) a 1:07.

Filippo Ganna vai continuar a envergar a camisola azzurri na próxima temporada.

Em Itália, vitória de Filippo Ganna (Team Ineos) ao completar o percurso de 38.8km em 45:00, batendo Alessandro de Marchi (CCC Team) por 51s e Edoardo Affini (Mitchelton – Scott) por 1:32, para conquistar assim o seu quarto título consecutivo.

Elisa Longo Borghini vai voltar a usar as cores do seu país nos contrarrelógios.

Nas mulheres, vitória de Elisa Longo Borghini (Trek – Segafredo), ela que completou os 35.2km do percurso em 44:59, batendo Vittoria Bussi por apenas 9 segundos! Vittoria Guazzini (Valcar – Travel & Service) fechou o pódio a 39 segundos de Borghini.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock