O regresso de Groenewegen às vitórias! Rui Oliveira 5º!

Dylan Groenewegen (Jumbo – Visma) abriu com uma vitória o Tour da Wallonie, na chegada a Héron, sendo a sua primeira vitória nesta época, um ano depois da queda na Polónia. O holandês bateu o francês Hugo Hofstetter (Israel Start-Up Nation) e o belga Gianni Vermeersch (Alpecin – Fenix), segundo e terceiro, respetivamente, por uma margem de mais de uma bicicleta.

Num final praticamente sem complexidade alguma, o pelotão absorveu a fuga que continha três corredores, um dos quais o sempre perigoso Andrea Vendrame (AG2R Citroen Team) e a Jumbo montou um comboio pronto a dar em vitória de Groenewegen. Rui Oliveira, um dos três lusos presente na prova, foi 5º, depois de lançar Kristoff, que apenas conseguiu ser 4º. André Carvalho, 47º, e Diogo Barbosa, 59º, chegaram dentro do pelotão.

A etapa de 185.7km teve passagem por quatro subidas de segunda categoria e três sprints intermédios, o que possibilitou muita movimentação ao longo da etapa, mesmo que sem nenhuma oportunidade clara para os fugitivos. Dentro do circuito final de Liege – Héron, Stan Dewulf (AG2R Citroën Team) e Jenthe Biermans (Israel Start-Up Nation) tentaram escapar, mas o pelotão deu-lhes um máximo de 45 segundos de diferença.

Depois o trio compost por Andrea Vendrame (AG2R Citroën Team), Andrea Bagioli (Deceuninck – Quick Step), e Rasmus Tiller (Uno-X Pro Cycling) tentou também a sua sorte, mas nunca alcançou mais do que dois minutos, acabando por perder as aspirações a cerca de 5km da meta. John Degenkolb (Lotto Soudal) teve um furo já perto do final e foi um dos azarados do dia ao não poder discutir o sprint.

Classificações Completas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock