Nem um furo trava Ganna no CRI final! Bernal é o grande vencedor do 104º Giro d’Itália!

O italiano Campeão Mundial de contrarrelógio Filippo Ganna (Ineos Grenadiers) venceu a etapa final do Giro d’Itália, um contrarrelógio individual de 30.3km entre Senago e Milão, batendo o Campeão Francês da especialidade, Remi Cavagna (Deceuninck – QuickStep) por 12s e o compatriota Edoardo Affini (Jumbo – Visma) por 13s.

No último dia de Giro d’Itália, um contrarrelógio individual esperava os ciclistas, com os últimos 30km de corrida a poderem ainda definir alguns lugares do top10 da classificação geral. A luta pela vitória esteve entre os principais especialistas, e foi Filippo Ganna a marcar o primeiro grande tempo do dia com 33:48, um tempo que lhe deu a vitória final, que nem mesmo um furo que originou uma troca de bicicleta já no terceiro setor da corrida conseguiu impedir.

Edoardo Affini (Jumbo – Visma) chegaria pouco depois com 13s de diferença, num dia em que se esperava que o italiano pudesse desafiar a vitória, mas que efetivamente não conseguiu. Pouco depois saía Cavagna, que parecia ser capaz de desafiar o tempo de Ganna no último setor, mas uma distração a 500m da chegada levou a que o francês embatesse nas barreiras ao não se aperceber de uma curva apertada à esquerda, e com isso perdesse também todas as hipótese que teve de ainda poder vencer a etapa final.

Filippo Ganna venceu a última etapa em Milão.

Os azares não parariam por aqui, quando o italiano Matteo Sobrero (Astana – Premier Tech) se viu obrigado a abrandar já dentro do km final graças a um carro da Groupama – FDJ que acompanhava o seu corredor e não se apercebeu de quem seguia atrás de si. Sobrero ainda bateu com a mão no vidro do carro francês, mas prosseguiu para fechar na quarta posição final, a 14s de Ganna.

Entre os candidatos à geral, João Almeida (Deceuninck – QuickStep) foi o que melhor se saiu, fechando na quinta posição da jornada, com mais 27s gastos que o italiano, um resultado que lhe permitiu ascender duas posições na classificação geral e terminar na sexta posição final, com o mesmo tempo do colombiano Daniel Martínez (Ineos Grenadiers), que fechou na quinta posição final, numa discussão ao centésimo de segundo.

A vitória final na classificação geral foi para o colombiano Egan Bernal (Ineos Grenadiers), que efetuou uma bela defesa no dia de hoje e se sagrou o grande vencedor do 104º Giro d’Itália, com 1:29 sobre o italiano Damiano Caruso (Bahrain Victorious), ele que foi a maior surpresa da corrida, e 4:15 sobre o britânico Simon Yates (Team BikeExchange).

Nelson Oliveira (Movistar) foi 40º na etapa, a 2:28 de Ganna, e concluiu este Giro na 27ª posição da geral, a 1:36:27 de Bernal.

Nas outras classificações, Egan Bernal acumulou a vitória na geral com a vitória na juventude, Peter Sagan (Bora – Hansgrohe) conquistou pela primeira vez a Maglia Ciclamino e Geoffrey Bouchard (AG2R Citroen Team) venceu a classificação dos trepadores.

O Grande Vencedor

Egan Bernal com o troféu do 104º Giro d’Itália!

O Pódio Final

Pódio final do Giro d’Itália com Damiano Caruso – Egan Bernal – Simon Yates (da esquerda para a direita)

Classificações Completas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

António Morgado vence Gipuzkoa Klasika!

O corredor português António Morgado (Bairrada) venceu no passado domingo a clássica de Gipuzkoa em bicicleta, prova UCI do escalão de juniores, em Urretxu, com outros dois companheiros de equipa também integrados no top 10. António, com 17 anos, vence a 26ª edição da prova, depois Carlos Rodriguez (agora Ineos) e Juan Ayuso (agora UAE), […]

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock