Mikel Landa conquista Burgos em dia péssimo para Bardet! Carthy vence etapa final!

O britânico Hugh Carthy (EF Education – Nippo) venceu a quinta e última etapa da Vuelta a Burgos 2021, uma ligação de 146km entre Comunero de Revenga e Lagunas de Neila, com o final a coincidir com uma chegada em alto de Categoria Especial! Carthy bateu o colombiano Einer Rubio (Movistar) e o compatriota Simon Yates (Team BikeExchange) por cinco e sete segundos, respetivamente.

A última etapa da Vuelta a Burgos começou a todo o gás, e apesar de uma fuga se ter formado ainda na fase inicial da corrida, o pelotão acabou por alcançá-la ainda antes de se terem corrido 40km. Um novo grupo tentou a sua sorte logo de seguida e assim se encontrou a fuga do dia. Gonzalo Serrano (Movistar), Marcus Burghardt (Bora – Hansgrohe), Lawson Craddock (ED Education – Nippo), Sep Vanmarcke (Israel Start-Up Nation), Álvaro Cuadros (Caja Rural – Seguros RGA) e Mikel Bizkarra (Euskaltel – Euskadi) foram os aventureiros do dia, com o pelotão a dar-lhes uma vantagem de cinco minutos, após o rápido começo desde Comunero de Revenga.

Ao longo da jornada, Álvaro Cuadros e Mikel Bizkarra foram lutando pelas diversas contagens de montanha em busca de uma eventual vitória na classificação dos trepadores. Se Cuadros foi o primeiro no Alto de San Cuerno, a 94km do fim, Bizkarra levou a melhor pouco depois, no Alto del Cerro, a 55km da chegada. Bizkarra voltou a levar a melhor no Alto del Collado de Vilviestre, já a 23km do fim, numa fase em que o pelotão já se aproximava do grupo, a pouco mais de dois minutos.

A subida a Lagunas de Neila prometia espetáculo, e o pelotão entrou com cerca de minuto e meio de desvantagem para os escapados, com a Alpecin – Fenix ao comando. Oscar Cabedo (Burgos – BH) atacou logo nas primeiras rampas, mas foi alcançado pelo pelotão pouco menos de 2km depois. Na frente, era Burghardt a ceder naturalmente e Vanmarcke a atacar, mas ao seu ritmo Serrano e Bizkarra conseguiram alcançar o belga.

A pouco menos de 4km do final, Serrano atacou os seus colegas de escapada e isolou-se, mas o trabalho da Bahrain Victorious no pelotão acabou com a esperança dos aventureiros. Damiano Caruso assumiu o comando e a corrida mudou, e de que maneira! A 2.6km do final foi a vez de Mark Padun atacar, numa clara estratégia de proteção a Mikel Landa, com os escapados a serem alcançados logo de seguida.

Com a mexida da Bahrain, foi o líder da geral, Romain Bardet (Team DSM) a pagar a fatura, com o francês a descolar do pelotão a 2.2km do fim. Era hora da Bahrain acelerar e concluir o xeque feito a Bardet num belo xeque mate! Os favoritos alcançaram Bardet, com a Ineos ao comando, e após uma aceleração de Egan Bernal (Ineos Grenadiers) a 500m da chegada, foi Hugh Carthy quem guardou uma réstia de forças para atacar já dentro dos últimos 100m e conquistar a sua primeira vitória de 2021! Mikel Landa chegou na sexta posição, a 16s, mas foi suficiente para vencer perante um Romain Bardet em perda, que não foi além da 34ª posição, a 1:54 de Carthy.

Mikel Landa é assim o grande vencedor da Vuelta a Burgos, pela segunda vez na carreira, após ter conquistado a corrida no ano de 2017! Sebastian Molano (UAE Team Emirates) arrecadou a classificação por pontos graças a duas vitórias de etapa, enquanto Romain Bardet (Team DSM) ainda segurou a camisola de melhor trepador. Einer Rubio foi o melhor jovem, muito graças ao segundo lugar conquistado nesta etapa final.

Nelson Oliveira (Movistar) não arrancou para a derradeira jornada.

Hugh Carthy conquistou o primeiro triunfo do ano em Lagunas de Neila!

Classificações Completas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock