Mauro Schmid é o primeiro líder da Coppi e Bartali!

O suíço Mauro Schmid estreou-se a vencer com as cores da Quick-Step Alpha Vinyl na primeira etapa da Settimana Internazionale Coppi e Bartali, após 164.6km com partida e chegada em Riccione! Schmid bateu o irlandês Edward Dunbar (Ineos Grenadiers) nos metros finais, por 2s, para assumir a primeira liderança da corrida! O britânico Ethan Hayter (Ineos Grenadiers) foi terceiro, 16s depois, batendo Mathieu van der Poel (Alpecin – Fenix) num grupo reduzido.

Após os primeiros kms da 37ª Coppi e Bartali, a fuga do dia foi encontrada com o quarteto de Simon Pellaud (Trek – Segafredo), Tom Paquot (Bingoal Pauwels Sauces WB), Gidas Umbri (Team Colpack Ballan) e Giovanni Bortoluzzi (Work Service – Vitalcare – Dynatek) a conseguir escapar e ganhar uma vantagem de quatro minutos.

Ao km 64.7, os escapados cruzaram a primeira subida categorizada do dia, com Bortoluzzi a levar a melhor e a passar na frente. A jornada prosseguiu tranquilamente com as principais equipas do pelotão a controlarem os fugitivos para manterem vivas as esperanças da vitória no dia.

A 50m do fim, Umbri acabou por descolar na dianteira, deixando o trio que com ele seguia à mercê da segunda subida categorizada, em Grotta di Onferno. Bortoluzzi foi novamente o primeiro a passar na contagem de terceira categoria. Pellaud atacou os companheiros de fuga logo no início da descida e conseguiu escapar, mas a 34km da chegada o pelotão voltou a rolar compacto.

A última subida do dia, a segunda categoria de Montefiore Conca, viu um ataque de Edward Dunbar ser decisivo para o desenrolar da corrida, com um pequeno grupo a resultar do que restava do pelotão para perseguir o irlandês. Van der Poel e Smith foram os primeiros do grupo a passar na contagem, já depois de Dunbar ter sido o vencedor da meta de montanha, quando Mauro Schmid atacou para se juntar ao irlandês na frente da corrida pouco depois.

A vantagem que inicialmente era de 20s cresceu para 40s com uma excelente colaboração de Schmid e Dunbar, enquanto era a UAE Team Emirates quem perseguia atrás. Foi já nos kms finais que a diferença começou a cair, mas sem que a vitória de etapa estivesse em perigo. Schmid surgiu depois com um grande sprint, sem que Dunbar tivesse pernas para responder, para assim vencer a etapa e assumir a primeira liderança da corrida. O suíço acumula também a liderança dos pontos e da juventude, enquanto Bortoluzzi é para já o melhor trepador. A Ineos lidera coletivamente.

Daniel Viegas (EOLO – Kometa), o único português em prova, foi 134º, a 14:49.

Classificações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock