Mais uma lição em esloveno! Roglic volta a vencer no Paris-Nice!

Outra grande lição de Primoz Roglic para os seus adversários, uma vitória espantosa na camisola amarela para o campeão esloveno que venceu Laporte e Matthews num espantoso sprint ascendente no final em Biot. E apenas alguns metros mais à frente, Roglic encontrou a sua muher Lora e o filho Lev para o receber com um grande sorriso, e brincar com ele, como se de passeio de cicloturismo se tratasse.

Uma etapa muito rápida, a sexta do Paris-Nice, com muitas tentativas de fuga, com a acção mais importante a ser promovida por Victor Campenaerts (Qhubeka Assos), Kenny Elissonde (Trek Segafredo), Anthony Perez (Cofidis), Alexey Lutsenko (Astana) e Rein Taramae (Intermarché Wanty). O pelotão nunca deixou muito espaço e o último a render-se no final foi o francês Elissonde, alcançado a 13 km, juntamente com o alemão Rutsch (EF Nippo), que tinnha saltado do pelotão recentemente.

Nos últimos dois quilómetros, Deceuninck tentou lançar os seus homens para o sprint – todos os sprinters puros tentaram aguentar mas depois desistiram. Teuns tentou acelerar mas Roglic, fez o que tinha a fazer, ultrapassando-o e vencendo com toda a autoridade. Segundo sucesso da temporada para Roglic que, naturalmente, reforça ainda mais a sua liderança na classificação geral.

Brandon McNulty (UAE), que vestia a camisola branca e ocupava o terceiro lugar na classificação geral, despistou-se e desistiu no início do dia. Maxime Bouet e Anthony Delaplace (Arkea-Samsic), Amund Jansen (Bike Exchange) e Louis Vervaeke (Alpexin-Fenix) não partiram.

Rui Costa foi o 37º a curta a meta, com o mesmo tempo que Roglic. Rui Oliveira que tentou até ao fim para tentar aguentar o ritmo no pelotão, acabou por ceder na entrada dos últimos 10kms, cruzando a meta mais de 7min depois, na 106ª posição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock