Magnus Cort faz a estreia das estreias e vence primeira etapa do Gran Camiño!

O dinamarquês Magnus Cort (EF Education – Easypost) venceu a primeira etapa da edição inaugural do Gran Camiño, corrida galega nascida precisamente neste 2022, batendo ao sprint o italiano Giovanni Lonardi (EOLO – Kometa) e o espanhol Alejandro Valverde (Movistar) após 165km de corrida entre O Porriño e Vigo.

A primeira etapa da corrida galega levou os corredores por estradas planas e onduladas no sul de O Porriño, ao longo da costa atlântica, enquanto o pelotão contornava a fronteira portuguesa. Duas subidas de terceira categoria – Chandebrito (6,9 km a 2,8%) e Cuvi (2,2 km a 3,2%) – surgiram a 30km do fim, mas com pendentes tão reduzidas não foram capazes de reduzir sequer o pelotão.

A jornada teve uma fuga do dia com oito corredores, escapados logo desde os metros iniciais, com Antonio Angulo (Euskaltel – Euskadi), Jon Barranetxea (Caja Rural – Seguros RGA), Jordi Lopez (Equipo Kern Pharma), Jetse Bol (Burgos – BH) , Brandon Rojas (Drone Hopper – Androni Giocatolli), Daniel Viegas (EOLO – Kometa), Joaquim Silva (Efapel Cycling) e José Gonçalves (W52 – FC Porto) a tentarem chegar à vitória da etapa pela via mais aventureira. O grupo passou na frente nas duas subidas do dia, com Barranetxea a conquistar pontos suficientes para assegurar a liderança da classificação da montanha. Por outro lado, Bol assegurou a conquista de pontos para vestir a camisola dos sprints intermédios, apesar do primeiro sprint ter sido ganho por Gonçalves, e da segunda meta de montanha ter sido vencida por Joaquim Silva

Na frente do pelotão, a caminho de Vigo, a Kern Pharma acelerava para alcançar a fuga, o que veio a suceder ainda com alguns kms por percorrer, antes de EF Education – Easypost, Movistar e Cofidis assumirem as rédeas do pelotão nos kms finais. No final, sem os verdadeiros comboios que vemos habitualmente, foi Cort quem saiu por cima, lançando o seu sprint antes da curva final, para não mais ser passado e assim levantar os braços na meta pela primeira vez na temporada, num país onde já está muito bem habituado a vencer!

Daniel Freitas (Rádio Popular – Paredes – Boavista) foi o melhor português, tendo sido o 5º corredor da cortar a meta. Na geral, comandada por Cort, José Gonçalves é 4º, graças aos 3s de bonificação acumulados durante o dia. O dinamarquês lidera também a classificação por pontos, enquanto Barrenetxea lidera as classificações da montanha e da juventude! Joaquim Silva foi o combativo do dia.

Classificações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock