Luis Costa garante mais um diploma para Portugal com o 7º lugar no contrarrelógio! Telmo Pinão foi 11º!

Portugal teve mais duas excelentes prestações em ciclismo nos Jogos Paralímpicos, desta vez em estrada, na prova de contrarrelógio, com a conquista de mais um Diploma Paralímpico!

O primeiro a partir foi Telmo Pinão, na classe C2, que tinha pela frente três voltas ao circuito de Fuji, num total de 24km. O português completou o percurso em 41:56, demorando mais 7:17 que o australiano Daren Hicks, que dominou a prova por completo com o tempo de 34:39. O australiano tem já um longo histórico de bons resultados na especialidade contra o tempo, tendo sido campeão mundial em 2019 em Emmen. Ewoud Vromant foi o 2º classificado a 1:32, enquanto o atual campeão mundial, Alexandre Leaute, ficou com a medalha de bronze, a 2:27.

Na prova de H5, Luís Costa estreou-se nesta edição dos Jogos, completando o mesmo percurso que Telmo em 42:42. O título paralímpico foi para Mitch Valize, o jovem holandês que tem dominado a categoria H5, e que é Campeão Mundial de Fundo e de Contrarrelógio, títulos conquistados em Cascais. O jovem holandês de 26 anos completou os 24km em 38:12. O francês Loic Vergnaud, com o tempo de 39.15, foi medalha de prata, e o irlandês Gary O’Reilly completou o percurso em 39:36 e ficou com a medalha de bronze.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock