Lizzie Deignan vence batalha dos segundos no Tour de Suisse Women!

A italiana Marta Bastianelli, da Alé BTC Ljubljana, venceu ontem a 2ª e última etapa do Tour de Suisse Women, concretizando a fuga do dia, com o 2º lugar a ficar para a checa Tereza Neumanova (Women Cycling Team) e o 3º para a britânica Hannah Barnes (Canyon SRAM Racing).

Na classificação geral, a vitória acaba por sorrir a Lizzie Deignan, da Trek-Segafredo, graças aos segundos de bonificação obtidos nos sprints intermédios desta segunda jornada. No primeiro dia de prova, a britânica tinha sido segunda classificada, atrás da campeã suíça Elise Chabbey (Canyon SRAM Gacing), o que a colocava com 4 segundos de atraso para a sua rival, mas Deignan acabou por conseguir recuperar o tempo perdido.

A 2ª etapa da Volta à Suíça Feminina disputou-se, tal como a 1ª tirada, na região de Frauenfeld. Desta feita, o percurso apresentava-se totalmente plano, ao longo de 97 km, consistindo num circuito de 11 voltas. Pelo caminho, existiam três sprints intermédios, cada um oferecendo 3 segundos de bonificação a quem passasse em primeiro, tal como aconteceria na meta.

Ciente que Deignan teria de ir buscar segundos nos sprints intermédios, a Trek-Segafredo controlou a etapa de forma a manter o pelotão compacto, pelo menos nos dois primeiros sprints. No primeiro dos quais, a britânica foi mesmo primeira, e Chabbey acabou por não disputar os segundos em jogo, uma vez que tinha caído no início da jornada.

No segundo sprint, com Deignan a precisar de apenas 1 segundo para igualar Chabbey, a Canyon conseguiu roubar o 1º lugar, através de Alexis Ryan, mas Deignan foi segunda, garantindo 2 segundos de bonificação, com Chabbey a voltar a não disputar o sprint.

Com apenas um sprint intermédio em jogo e com a Trek satisfeita com a situação de corrida, houve permissão para a fuga finalmente ter a sua chance, e um grupo de nove corredoras conseguiu isolar-se e manter-se na frente até à meta. Deignan tinha agora 1 segundo à melhor na CG, pelo que Chabbey viu-se obrigada a fazer pela vida. A campeã suíça atacou por várias ocasiões, tentando isolar-se do grupo principal, mas a Trek conseguiu sempre eliminar os intuitos da helvética.

No sprint final, entre as nove fugitivas, a vitória acabou por ficar para Marta Bastianelli (Alé BTC Ljubljana), mais forte que a checa Tereza Neumanova (Women Cycling Team) e que a britânica Hannah Barnes (Canyon SRAM Racing). O pelotão chegou logo atrás, com 6 segundos de atraso, onde seguiam uma feliz Lizzie Deignan e uma resignada Elise Chabbey, as grandes protagonistas desta Volta à Suíça, que acabou por ter um dia final muito interessante, apesar do perfil completamente plano.

Na classificação geral, o triunfo é então de Lizzie Deignan, com 1 segundo de vantagem sobre Elise Chabbey e 34 sobre Marlen Reusser (Alé BTC Ljubljana). A britânica da Trek leva ainda as classificações dos pontos e da montanha, com a juventude a ficar para Mikayla Harvey, Canyon SRAM Racing, equipa que triunfou também na classificação coletiva.

Marta Bastianelli vence sprint entre fugitivas na 2ª etapa da Volta à Suíça Feminina
Lizzie Deignan é a vencedora da classificação geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock