Lição da Deceuninck – Quick Step na vitória de Honoré (e Cerný)!

O dinamarquês Mikkel Honoré (Deceuninck – Quick Step) venceu esta tarde a quinta etapa da Itzulia Basque Country – Volta ao País Vasco -, cruzando a linha de braço dado com o seu colega de equipa, o checo Josef Cerny, numa memorável dobradinha para a Deceuninck-QuickStep, ao fim de 160.2km entre Hondarribia e Ondarroa. O francês Julien Bernard (Trek – Segafredo) foi terceiro, a 17s.

A dupla fez parte da principal fuga do dia composta por seis homens, na qual Bernard, Andreas Leknessund (Team DSM), Ide Schelling (Bora – Hansgrohe) e Andrey Amador (Ineos Grenadiers) acompanhavam a dupla da Quick Step. A vantagem da fuga nunca foi superior aos três minutos, mas isso foi suficiente para que eles pudessem discutir a vitória na etapa sem que o pelotão lhes colocasse a vista em cima.

Na última subida categorizada do dia, a 30km do final, Honoré e Cerny aumentaram o ritmo, descarregando os adversários progressivamente até que apenas Bernard aguentou com eles, com o trio a cruzar o topo isolado. A colaboração existiu desde então, já que Bernard sabia que a ausência de trabalho poderia obrigá-lo a responder a ataques de ambos os ciclistas e com isso ver a vitória escapar-lhe.

Na verdade, o francês da Trek sabia que à partida a sua vitória estaria condenada, e a 5km do final, numa das pequenas rampas que se situava perto da chegada, Honoré atacou e abriu espaço, sem que o francês tivesse pernas para lhe responder. Cerny aguentou na roda de Bernard e, quando percebeu que o francês tinha esgotado o combustível no tanque, lançou-se em busca do seu colega de equipa, com a junção a acontecer rapidamente.

A dupla cavalgou até final com a vitória de etapa em vista, e se no público a indecisão sobre quem deveria cruzar a meta em primeiro era grande, entre os ciclistas ambos sabiam quem iria subir ao pódio como vencedor da etapa, com Cerny a oferecer claramente a Honoré a sua primeira vitória numa corrida World Tour. Bernard chegou logo de seguida, a apenas 17s, enquanto Daryl Impey (Israel Start-Up Nation) foi o mais forte ao sprint no pequeno pelotão, na disputa pelo quarto lugar, já a 28s dos vencedores.

Brandon McNulty (UAE Team Emirates) terminou em segurança no pelotão para manter a liderança da classificação geral e da juventude antes da etapa decisiva de sábado. Tadej Pogacar (UAE Team Emirates) mantém a liderança da classificação da montanha, enquanto Primoz Roglic (Jumbo – Visma) foi 7º, para alargar ligeiramente a sua vantagem na classificação dos pontos para Pogacar, que foi 10º.

Classificações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock