Liane Lippert é um caso sério!

A alemã Liane Lippert (Team Sunweb) venceu de forma isolada a Cadel Evans Great Ocean Road Race, batendo a cubana Arlenis Sierra (Astana Women’s Team) e a australiana Amanda Spratt (Mitchelton-Scott), que terminaram na segunda e terceira posição respetivamente, por 15 segundos.

Mais uma edição da clássica australiana que homenageia a carreia de Cadel Evans, um dos maiores ciclistas da história do país da Oceania, com o tradicional percurso de média montanha ao redor de Geelong. A clássica começou de forma animada, com oito ciclistas a comporem a fuga do dia, que ao km43 tinha uma vantagem superior a quatro minutos.

A 25km do final, a fuga ainda tinha quase dois minutos de vantagem, e 5km depois uma queda no pelotão deixou este reduzido a cerca de trinta unidades. A fuga acabou por ser alcançada já com cerca de 15km por percorrer, e Chloe Hosking (Rally Cycling) foi a primeira a esboçar um ataque, mas sem sucesso, graças ao rápido ritmo que Lippert, Brodie Chapman (FDJ – Nouvelle Aquitaine – Futuroscope) e Tayler Wiles (Trek – Segafredo Women) impuseram na entrada da penúltima subida, reduzindo o grupo principal a uma dúzia de ciclistas.

No topo da subida final, Lippert conseguiu isolar-se e ganhar uma vantagem significativa que conseguiu defender até final para conquistar a primeira corrida World Tour da temporada. Na discussão pelos lugares do pódio, Arlenis Sierra e Amanda Spratt acabaram por bater Tayler Wiles, que acabou por terminar na quarta posição, com o mesmo tempo de Sierra e Spratt.

Primeira vitória no calendário World Tour para Lippert, que com apenas 22 anos certamente terá muitas mais a caminho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock