Liane Lippert é um caso sério!

A alemã Liane Lippert (Team Sunweb) venceu de forma isolada a Cadel Evans Great Ocean Road Race, batendo a cubana Arlenis Sierra (Astana Women’s Team) e a australiana Amanda Spratt (Mitchelton-Scott), que terminaram na segunda e terceira posição respetivamente, por 15 segundos.

Mais uma edição da clássica australiana que homenageia a carreia de Cadel Evans, um dos maiores ciclistas da história do país da Oceania, com o tradicional percurso de média montanha ao redor de Geelong. A clássica começou de forma animada, com oito ciclistas a comporem a fuga do dia, que ao km43 tinha uma vantagem superior a quatro minutos.

A 25km do final, a fuga ainda tinha quase dois minutos de vantagem, e 5km depois uma queda no pelotão deixou este reduzido a cerca de trinta unidades. A fuga acabou por ser alcançada já com cerca de 15km por percorrer, e Chloe Hosking (Rally Cycling) foi a primeira a esboçar um ataque, mas sem sucesso, graças ao rápido ritmo que Lippert, Brodie Chapman (FDJ – Nouvelle Aquitaine – Futuroscope) e Tayler Wiles (Trek – Segafredo Women) impuseram na entrada da penúltima subida, reduzindo o grupo principal a uma dúzia de ciclistas.

No topo da subida final, Lippert conseguiu isolar-se e ganhar uma vantagem significativa que conseguiu defender até final para conquistar a primeira corrida World Tour da temporada. Na discussão pelos lugares do pódio, Arlenis Sierra e Amanda Spratt acabaram por bater Tayler Wiles, que acabou por terminar na quarta posição, com o mesmo tempo de Sierra e Spratt.

Primeira vitória no calendário World Tour para Lippert, que com apenas 22 anos certamente terá muitas mais a caminho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Nem um empurrão de Serrano tirou a primeira vitória profissional de Edward Planckaert!

Edward Planckaert (Alpecin-Fenix) ganhou a primeira etapa da Vuelta a Burgos, batendo Gonzalo Serrano (Movistar) sobre a linha de meta, mesmo depois de ter levado um empurrão do espanhol. Numa chegada coincidente com uma rampa em Burgos, uma aceleração de Romain Bardet (Team DSM) com quatro corredores foi sucificente para abrir uma brecha, e quintento […]

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock