Leknessund defende, Ludvigsson perde!

Decorreram no passado sábado os nacionais de contrarrelógio na Suécia e na Noruega, dois países lá bem no Norte da Europa, que trouxeram dois resultados distintos relativamente ao que era esperado. Os percursos eram a bem dizer planos e técnicos, propícios a especialistas, e assim demonstraram os resultados como iremos comprovar de seguida.

Estes eram os perfis para os dois campeonatos:

Perfil CRI Noruega
Perfil CRI Suécia

Na Noruega, a vitória coube a Andreas Leknessund, super-talento da Uno-X Cycling Team, que depois de bater o decacampeão Edvald Boasson Hagen no ano passado, ele que este ano não esteve presente, conseguiu revalidar o título esta temporada, batendo o último vencedor do Tour de l’Avenir, o super-talento da Jumbo-Visma, Tobias Foss. Para fechar o pódio, tivemos mais um talento, sub-23 de segundo ano, Soren Waerenskjold, da Joker Fuel of Norway. Nas senhoras, a vitória coube a Katrine Aalerud da Movistar, ela que vence o título pela primeira vez, depois do segundo lugar no ano passado.

Já na Suécia, o principal favorito era o tricampeão da Groupama – FDJ, Tobias Ludvigsson, mas assim não sucedeu. A juventude sueca apareceu, com Jacob Ahlsson, ele que irá completar 22 anos na próxima semana, a surpreender, e a conquistar o seu primeiro título, deixando Ludvigsson na segunda posição, e o jovem Hugo Forssell, de 21 anos, em terceiro. Já nas senhoras, vitória para Lisa Norden, ela que conquistou o tetracampeonato na especialidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock