Leangel Liñarez sprintou para abrir a porta das vitórias de 2022!

Este chuvoso domingo marcou o arranque do ciclismo de estrada português em 2022, com a habitual Prova de Abertura – Região de Aveiro. A corrida foi marcada pelo regresso da tão ansiada chuva ao nosso país, que em parte alguma deu tréguas aos corredores.  Numa ligação de 172,1km com partida em Cortegaça, no concelho de Ovar, e chegada a Águeda, o pelotão estava composto por 18 equipas, das categorias elite e formação sub-23.

Logo na abertura das hostilidades, António Ferreira (Kelly – Simoldes – UDO) e António Carvalho (Glassdrive – Q8 – Anicolor) fugiram do pelotão, mas ao longos dos kms foram-se juntando vários outros corredores, 8 no total, até cruzarem o alto de montanha da corrida, em Talhadas, com a contagem a ser ganha pelo Campeão Nacional, José Neves (W52 – FC Porto).

Após a descida o pelotão aproximou-se da frente da corrida, com quatro ciclistas a destacaram-se do grupo de oito, e os restantes a ser alcançados. Fixaram-se assim na dianteira César Fonte (Kelly -Simoldes – UDO), José Neves, Alvaro Trueba e Emanuel Duarte (Atum General – Tavira – AP Maria Nova Hotel), que juntos aumentaram a diferença para os 2 minutos. Nos últimos 30km, o pelotão começou a reagir, acelerando o ritmo, no objetivo de disputar a chegada ao sprint. José Neves foi o mais insatisfeito e tentou, em solitário, manter-se na frente, ainda que a 11km da meta fosse apanhado.

Na discussão da vitória, Leangel Linarez não deu hipótese à concorrência, ganhou e dedicou o triunfo ao sempre presente Pedro Silva, e ao novo diretor desportivo Gustavo Veloso, que entra com o pé direito aos comandos da equipa de Mortágua. Em segundo e terceiro ficaram Tomas Contte e Cesar Martingil, ele que foi o melhor português em prova.

Com este triunfo, Liñarez é o primeiro líder da Taça de Portugal. Já nas classificações secundárias, José Neves venceu a montanha, sendo que António Carvalho e César Fonte venceram as metas particulares. Entre os sub-23, Pedro Silva (Glassdrive-Q8-Anicolor), que terminou em sexto, foi o melhor sub-23 e é o líder da Taça de Portugal para a sua categoria. Por equipas venceu a Glassdrive – Q8 – Anicolor, enquanto que melhor formação de clube foi a espanhola Bicicletas Rodríguez / Extremadura.

Pedro Silva e Leangel Liñarez lideram o ranking da Taça de Portugal!

O pelotão português juntar-se-á ao internacional esta quarta, para correr a Volta ao Algarve, onde João Rodrigues (W52 – FC Porto) defenderá o seu título de vencedor de 2021!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock