Kaden Groves vence ao sprint na Catalunha! Jonas Iversby Hvideberg é o novo líder!

O australiano Kaden Groves (BikeExchange – Jayco) venceu pela primeira vez no World Tour na segunda etapa da Volta a Catalunya, após 202.4km entre L’Escala e Perpignan, batendo sobre o risco de meta o alemão Phil Bauhaus (Bahrain Victorious) após um lançamento perfeito do líder da geral, Michael Matthews (BikeExchange – Jayco)! No terceiro lugar terminou o francês Hugo Hofstetter (Arkea Samsic).

A segunda etapa da Volta a Catalunya começou com a rápida formação da fuga do dia, com Jonas Iversby Hvideberg (Team DSM) a repetir a presença do dia anterior, enquanto Joan Bou (Euskaltel – Euskadi) e Adriá Moreno (Burgos – BH) se juntaram hoje à escapada. O pelotão permitiu que o trio ganhasse mais de 5min de vantagem, com a BikeExchange e a Bahrain no controlo das operações.

Com o aumentar do nervosismo no pelotão, as quedas foram acontecendo, a primeira ao km 73 com Ethan Vernon, Andrea Bagioli e Ilan van Wilder (Quick-Step Alpha Vinyl) envolvidos. Richie Porte (Ineos Grenadiers) perdeu o contacto com o pelotão pouco depois e acabou por abandonar em más condições físicas. Uma outra queda atirou Mattias Skjelmose Jensen (Trek – Segafredo) e Marc Soler (UAE Team Emirates) ao chão, mas os dois ciclistas conseguiram continuar em prova.

Rui Costa em ação durante a segunda etapa da Volta a Catalunya.

Logo após Carlos Rodriguez (Ineos Grenadiers) furar, o pelotão aumentou o ritmo e alcançou a fuga, com os ventos cruzados a fazerem-se sentir e a ameaçarem partir a corrida. Um corte acabou por acontecer após uma queda de Simon Yates (BikeExchange – Jayco), mas o britânico prosseguiu e foi capaz de pouco depois reentrar no segundo pelotão. Com um ritmo sempre alto, João Almeida (UAE Team Emirates) foi desta vez muito bem protegido e manteve-se na frente, enquanto Michael Woods (Israel – Premier Tech) era apanhado desprevenido e fazia companhia aos azarados Yates e Rodriguez no segundo pelotão.

A Quick-Step lançou o sprint na chegada a Perpignan, mas foi Matthews a aparecer para lançar Groves já nos últimos 300m. O corredor de 23 anos foi o mais rápido na velocidade entre um grupo de cerca de 40 unidade. Groves superou Bauhaus sobre a linha da meta, com Hofstetter a completar o pódio do dia. João Almeida e Rui Costa (UAE Team Emirates) chegaram integrados no pelotão, enquanto Ivo Oliveira foi o 131º corredor a cruzar a meta a 2:52 do vencedor, depois de mais um dia de grande trabalho. Yates, Woods e Rodriguez chegavam 33s depois do pelotão e perderam já alguma margem que pode vir a fazer a diferença nas contas finais.

Graças aos dois dias consecutivos em fuga, Jonas Iversby Hvideberg é o novo líder da prova, com 1s de vantagem sobre Matthews. O noruguês lidera em todas as classificações, somando à geral a montanha, os pontos e ainda a juventude.

Jonas Iversby Hvideberg (Team DSM), o novo líder da competição.

A Chegada ao Sprint

Classificações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock