Jordi Meeus imparável mais uma vez!

Jordi Meeus, da SEG Racing Academy, repetiu o feito do segundo dia de prova e voltou a vencer ao sprint na terceira etapa da Volta à República Checa. O jovem belga deixou no segundo lugar o alemão Max Kanter, da Team Sunweb, e em terceiro o estónio Martin Laas, da BORA-hansgrohe.

A terceira etapa da volta checa consistiu num percurso de 206.1 km entre Olomouc e Frydek-Místek. Os ciclistas enfrentavam um dia de muito sobe e desce, com cinco contagens de montanha e diversas outras ascenções não categorizadas.

A fuga do dia foi composta por: Vojtech Repa (República Checa), Maikel Zijlaard (SEG), Thimo Willems (Sports Flanders), Lars Boven (Team Jumbo-Visma Academy), e Filip Maciejuk (Leopard Cycling). O pelotão ainda permitiu alguma vantagem aos escapados, contudo, com a diferença a bater nos seis minutos, o grupo principal decidiu apertar a malha com vista a um sprint massivo no final da etapa. Assim, a 45 km do fim, tínhamos uma situação de pelotão compacto, com a equipa dos cinco líderes da classificação geral, a Mitchelton-Scott, a controlar o andamento do pelotão.

No sprint final, Jordi Meeus voltou a impôr-se a toda a concorrência, que, refira-se, inclui seis equipas do World Tour. O homem da SEG deixou na segunda posição Max Kanter, da Team Sunweb, que na véspera tinha sido terceiro, e Martin Laas, da BORA.

Na classificação geral, a liderança acabou por mudar de mãos, embora mantendo-se dentro da Mitchelton-Scott. O líder é agora Kaden Groves, com três companheiros de equipa com o mesmo tempo: Damien Howson, Lucas Hamilton, e Jack Bauer.

Amanhã disputa-se a quarta e última etapa da competição checa, com 172.6 km entre Mohelnice e Sternberk, naquela que será a etapa rainha da prova. São oito contagens de montanha que prometem uma luta acesa no assalto à vitória final na competição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock