Jasper Philipsen vence a Kamp van Vlaanderen!

O belga Jasper Philipsen (Alpecin – Fenix) venceu a Kamp van Vlaanderen, uma clássica de 196km com partida e chegada em Koolskamp, batendo no photofinish o neerlandês Dylan Groenewegen (Team Jumbo -Visma). O estónio Martin Laas (Bora – Hansgrohe) foi terceiro.

A Kamp van Vaanderen começou com um ritmo alto. Jan-Willem van Schip (Beat Cycling), Corné van Kessel (Intermaché – Wanty – Gobert), Milan Paulaus (SEG Racing Academy), Valentin Tabellion (Xeliss-Roubaix Lille Métropole), Samuel Jenner (Team Bridgelane), Ethan Batt (Black Spoke Pro Cycling) e Stephen Bassett (Rally Cycling) atacaram e formaram a fuga do dia.

Os sete da frente nunca conseguiram ter uma vantagem superior a 2:00, devido ao forte ritmo da Alpecin – Fenix, da Team Jumbo – Visma e da Deceuninck – Quick Step, que tinham como objetivo vencer no final do dia, com os seus líderes, Jasper Philipsen, Dylan Groenewegen e Fabio Jakobsen (Deceuninck – Quick Step), respetivamente.

Na frente da corrida, Tabellion não aguentou durante muitos kms o forte ritmo e perdeu o contacto. A fuga ficou reduzida a seis ciclistas, mas não durante muitos kms pois o britânico Charlie Quarterman (Trek – Segafredo) saiu do pelotão e juntou-se muito rapidamente aos seis da frente. A diferença entre a fuga e o pelotão era de 1:30, mas alguns ciclistas dos sete da frente pareciam estar em dificuldades.

A 25km da meta, Quartermann, van Schip e Batt eram os únicos sobreviventes da fuga do dia, mas não tinham uma vantagem superior a 1:00. 10km depois, van Schip perdeu o contacto deixando a frente da corrida reduzida a dois ciclistas. Quartermann e Batt começaram a sentir dificuldades e foram alcançados a 12km da meta.

A Team Jumbo – Visma e a Deceuninck – Quick Step lutavam pela frente do pelotão nos últimos 10km. A 2km da meta, aconteceu uma desorganização na frente do pelotão e a Deceuninck – Quick Step não conseguia colocar o seu líder na frente do grupo. Dylan Groenewegen também perdeu algumas posições e foi obrigado na parte final a subir no grupo. No último km, a Trek – Segafredo acelerava na frente do pelotão para lançar o sprint para Matteo Moschetti (Trek – Segafredo) que tinha na sua roda Jasper Philipsen.

A 150m da meta, Moschetti lançou o sprint e da sua roda saiu Philipsen que passou com aparente facilidade o italiano. Dylan Groenewegen fez uma excelente recuperação nos metros finais e ficou muito perto da vitória, mas, no photofinish, Philipsen venceu a Kamp van Vlaanderen. Laas foi terceiro após passar nos últimos metros Moschetti.

O Pódio final

Classificações Completas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock