Jakobsen bisa e sobe à liderança na Hungria! Excelente sprint de Iúri Leitão para o 9º posto!

O neerlandês Fabio Jakobsen, da Quick-Step Alpha Vinyl, voltou a triunfar no Tour de Hongrie, ao impor-se no sprint que decidiu a terceira tirada! O pódio da etapa acabou ser exatamente igual ao do dia de ontem, com o francês Rudy Barbier, da Israel-Premier Tech, a ser segundo, e o belga Sasha Weemaes, da Sport Vlaanderen – Baloise, terceiro. Graças a este triunfo, Jakobsen assume a liderança da prova!

O terceiro dia de Volta a Hungria trazia uma ligação de 154 km, entre Sárospatak e Nyíregyháza, e um percurso praticamente plano, que favorecia novamente uma chegada ao sprint.

Perfil da etapa 3 da Volta à Hungria

A fuga do dia foi composta por cinco corajosos: Aaron Van Poucke (Sport Vlaanderen-Baloise), Alessandro Fancellu (EOLO-Kometa), Ricardo Alejandro Zurita (Drone Hopper-Androni Giocattoli), Keegan Swirbul (Human Powered Health), e Emil Dima (Giotti Victoria-Savini Due).

Com o pelotão a controlar as operações, os fugitivos acabariam por ser alcançados a 13 km do final.

Como era previsível, a jornada foi mesmo discutida através de um sprint em pelotão compacto, desta vez sem incidentes. Recorde-se que, no dia de ontem, uma queda feia acabou por varrer vários ciclistas a poucos metros da meta, um incidente que acabou por tirar da corrida o vencedor da primeira etapa, Olav Kooij, que acabou por ter de ser suturado na sequência dos ferimentos, mas sem consequências muito graves, face à brutalidade da queda.

Na preparação do sprint final, surgiu um boa posição a BORA-hansgrohe, com o campeão irlandês, Ryan Mullen, a lançar o sprint de Matthew Walls. O britânico saiu em boa posição na curva final, mas acabou por não ter velocidade para finalizar o trabalho, até porque atrás de si vinham várias locomotivas a todo o vapor!

Pela direita de Walls, passou Fabio Jakobsen, que estava sem ajuda da equipa na parte final, mas que teve potência suficiente para se voltar a impor à concorrência, tal como no dia de ontem! Segunda vitória para o neerlandês em três dias de Volta à Hungria, com o pódio da etapa 2 a repetir-se: Rudy Barbier 2º e Sasha Weemaes 3º.

Em plano de destaque esteve o único português em prova, Iúri Leitão, da Caja Rural-Seguros-RGA, que surgiu que nem um foguete nos metros finais para disputar o sprint, terminando num brilhante 9º lugar! De notar o grande pique de velocidade do corredor de Viana do Castelo para conseguir chegar à frente, revelando uma excelente forma para as chegadas rápidas!

Em termos de geral, graças às bonificações, Jakobsen consegue roubar a liderança de Jens Reynders, seguindo agora com 6 segundos de avanço sobre o belga. Iúri Leitão ocupa o 50º lugar, a 20 segundos da amarela.

Amanhã disputa-se a quarta e penúltima etapa, com uma jornada de 177 km, com partida e chegada na localidade de Kazincbarcika, num dia com algumas subidas que podem baralhar as contas dos homens mais pesados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock