Inconformado Francisco Pereira leva etapa e sobe à liderança na Volta a Portugal do Futuro!

Depois do terceiro lugar no primeiro dia, Francisco Pereira (ABTF-Betão-Feirense) venceu a segunda etapa da 29ª Volta a Portugal do Futuro/2º Grande Prémio CMTV, batendo num sprint a dois Francisco Manuel Rodriguez (Bicicleta Rodríguez Extremadura). O pelotão chegou com uma diferença de 32 segundos, o que significa que Pereira é agora o novo líder da classificação geral, com 35 segundos de avanço sobre Pedro Silva (Glassdrive/Q8/Anicolor).

A segunda etapa da Volta a Portugal do Futuro apresentava uma jornada de 141.1 km, entre Lousã e Águeda. Tal como no dia de ontem, as principais dificuldades estavam concentradas na primeira metade do percurso, com três contagens de montanha, duas de 4ª categoria e uma de 3ª categoria.

Perfil da etapa 2 da Volta a Portugal do Futuro

Na primeira subida categorizada, ainda com pelotão compacto, o primeiro a passar foi Afonso Eulálio (Glassdrive/Q8/Anicolor), seguido do líder da classificação dos melhores trepadores, Daniel Dias (Kelly/Simoldes/UDO). Já na meta volante de Vila Nova de Poiares, o melhor foi António Ferreira (Kelly/Simoldes/UDO).

Ao fim de 30 km de corrida, um grupo de 25 unidades isolou-se, conseguindo uma vantagem de 1 minuto. No entanto, um grupo desta dimensão (cerca de um quarto do pelotão) acabou por não ter margem de manobra, e o grupo principal acabou por eliminar a movimentação rapidamente.

Na contagem de montanha da Espinheira, o melhor foi João Rocha (Porminho Team Sub-23), seguido do suspeito do costume, Daniel Dias. Pouco depois, na subida do Luso, o primeiro foi Luís Cabral (Santa Maria da Feira/Segmento d’Época/Reol), com Dias a molhar a sopa novamente no segundo posto.

À entrada dos 60 km finais, atacou Fernando Manuel Rodriguez (Bicicleta Rodríguez Extremadura), sendo seguido por um grupo de sete ciclistas: Francisco Pereira (ABTF Betão-Feirense), Alejandro Paz (Aluminios Cortizo), Duarte Mixão (Alenquer-GDM-SobralCar), João Faustino (Almodôvar-Delta Cafés-Crédito Agrícola), João Rocha (Porminho Team sub23), Pedro Crispim (Fortunna/Maia/Escribano) e David Pollan (Ciclismo Galego Federación). Rodriguez ainda passou na frente na meta volante de Cantanhede, sendo depois alcançado pelos perseguidores. O pelotão perdia já 2 minutos para o grupo da frente, com 50 km para a meta.

Na frente do pelotão ia trabalhando a LA Alumínios, conseguindo baixar ligeiramente a vantagem dos fugitivos, que por sua vez começavam a atacar-se entre si. Com 25 km para o final, rodavam na frente três ciclistas: Francisco Pereira, João Faustino, e Fernando Manuel Rodriguez. A 30 segundos vinham quatro perseguidores, com o pelotão a cerca de 1:30.

Na última meta volante do dia, em Oliveira do Bairro, o primeiro foi Rodriguez, seguido de Pereira e Faustino. Pouco depois, descolava Faustino, deixando uma dupla na frente da corrida. À entrada dos 5 km finais, era ainda de 1 minuto a diferença entre o pelotão e a dianteira, pelo que era garantido que teríamos uma discussão a dois na chegada a Águeda!

No mano-a-mano, o mais forte acabou por ser Francisco Pereira, da ABTF-Feirense, levando a melhor sobre Fernando Manuel Rodriguez. O pelotão chegou 32 segundos depois, encabeçado pelo camisola amarela, Pedro Silva (Glassdrive/Q8/Anicolor). Com este triunfo, e depois do terceiro lugar no primeiro dia, Pereira sobe à liderança da classificação geral, com 35 segundos de avanço sobre Pedro Silva!

Classificações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock