Henri Vandenabeele domina de manhã, Development Team Sunweb mais forte no TTT!

Depois de um primeiro dia bastante animado, a Ronde de L’Isard voltou à estrada com uma etapa dupla.

Durante a manhã o pelotão cumpriu uma jornada montanhosa, uma ligação entre Bagnères-de-Luchon e Hospice-de-France, uma etapa curta, com apenas 79.5 quilómetros, mas com duas contagens de montanha de primeira categoria, a última delas coincidente com a linha de meta.

Henri Vandenabeele (Lotto Soudal U23), que recentemente terminou o Giro de Itália U23 no segundo posto, não deixou os créditos por mão alheias, atacou no início da subida final, e não mais foi alcançado pelo pelotão principal, levantando assim os braços pela primeira vez como sub-23.

No segundo posto terminou Thomas Champion (Bourg-en-Bresse Ain Cyclisme), a 42 segundos, e no terceiro Maxim Van Gils (Lotto-Soudal U23), a 46 segundos.

Development Team Sunweb venceu o contrarrelógio coletivo.

Durante a tarde o pelotão regressou para um contrarrelógio coletivo, com partida e chegada em Bagnères-de-Luchon e 11.6 quilómetros de extensão.

A Development Team Sunweb foi a mais forte, com a Jumbo-Visma Development Team no segundo posto a apenas 2s, e a Groupama – FDJ Continental no terceiro, a 20s.

Com isto, o novo líder da geral é Sylvain Moniquet (Groupama – FDJ Continental), Nils Sinscheck (Development Team Sunweb) é segundo a 26s e Xandres Vervloesem (Lotto Soudal U23) é terceiro, a 43s.

Amanhã o pelotão terá novo desafio, uma tirada com partida em Saverdum e chegada a Ax-3-Domaines, com 140.1 quilómetros a serem cumpridos e muita montanha pelo meio. Os corredores vão enfrentar 4 contagens de montanha, uma de 2ª categoria e três de 1ª, a última delas coincidente com a meta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

A Volta a Portugal é portuguesa! Tiago Santos é o vencedor da Volta a Portugal de Cadetes!

Tiago Santos (Alcobaça CC/Crédito Agrícola) conquistou a 13.ª edição da Volta a Portugal de Cadetes, impondo-se também na terceira etapa, a mais dura da competição, que ligou Rio Maior a Santarém. A etapa de 85kms,a mais dura da competição, com 4 contagens de montanha, a última coincidente com a meta foi desde cedo movimentada. Ainda […]

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock