Grace Brown triunfa na abertura da Vuelta a Burgos Féminas e é a primeira líder!

A Australiana Grace Brown (Team BikeExchange) conquistou a primeira etapa da sexta edição da Vuelta a Burgos Féminas, uma ligação de 100km entre Villadiego e Sargentes de la Lora, batendo ao sprint a suíça Elise Chabbey (Canyon // SRAM Racing) e a neozelandesa Niamh Fisher-Black (Team SD Worx), num final em subida, terminando todas com o mesmo tempo.

A etapa começou a um ritmo bastante elevado, e o vento acabou por se fazer sentir desde início, gerando um corte no pelotão ao km 30. O segundo pelotão demorou algum tempo a regressar, e enquanto isso um trio composto por Mireia Benito (Massi – Tactic), Heidi Franz (Rally Cycling) e Vera Looser (Instafund Racing) ganhou vantagem ao pelotão e acabaria por disputar a primeira contagem do dia, uma terceira categoria, que foi ganha por Franz.

A Trek – Segafredo esteve também bastante ativa durante o dia, e atacou por volta do km 60 com Amalie Dideriksen, que foi alcançada pouco depois, mas a sua colega de equipa Shirin van Anrooij gerou um novo contra-ataque e construiu uma vantagem que alcançou o minuto de diferença. A mexida, porém, não foi também duradoura e antes do começo da última subida categorizada do dia, a holandesa estava também já alcançada.

O pelotão entrou na última subida do dia comandado pela israelita Omer Shapira (Canyon // SRAM Racing), que progressivamente foi partido o grupo até Grace Brown ter atacado a 300m da contagem de montanha, a apenas 6km da chegada. Chabbey seguiu imediatamente na roda, e Fisher-Black fez a ponte logo de seguida, com o trio a conseguir ganhar cerca de 10s de vantagem ao já pequeno pelotão. Tayler Wiles (Trek-Segafredo) assumiu a perseguição nos kms finais, mas nunca foi capaz de chegar o espaço, que ainda atingiu os 20s, mas por muito pouco tempo. A vitória acabou por se discutir entre o trio, e Brown foi claramente mais forte que as adversárias, abrindo o sprint e triunfando de forma dominadora, para assegurar a segunda vitória da temporada, e a segunda vitória World Tour da carreira.

O pequeno pelotão com as principais favoritas chegou 5 segundos depois, comandado pela cubana Arlenis Sierra (AR Monex Women’s), sem que nenhuma das principais favoritas cedesse já hoje tempo importante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock