Giovanni Aleotti vence Sibiu Tour!

A 11ª edição do Sibiu Tour, prova disputada na Roménia, foi uma vez mais dominada pela Bora-Hansgrohe, que arrecadou 3 etapas, e as classificações Geral, da Juventude e dos Pontos. A Elkov – Kasper venceu a classificação coletiva com 3 corredores no top11 da geral e o checo Daniel Turek (Team Felbermayr – Simplon Wels) foi o melhor na montanha.

Pascal Ackermann (Bora – Hansgrohe) foi o primeiro líder da prova, depois de ser o mais rápido no prólogo de 2.5km na cidade de Sibiu. Martin Laas, também da Bora, foi o 2º mais rápido, 3s mais lento que Ackermann.

Pascal Ackermann (Bora – Hansgrohe) triunfou no prólogo de abertura.

Classificações do Prólogo

A primeira etapa em linha teve como chegada a subida a Paltiniş, coincidente com uma contagem de primeira categoria. Novamente a Bora – Hansgrohe não deu hipóteses, com Giovanni Aleotti a vencer a etapa e a subir à liderança da competição. Na 2ª posição terminou o renascido Fabio Aru (Team Qhubeka NextHash), que perdeu o sprint final com o jovem italiano. O russo Sergey Chernetskiy (Gazprom – RusVelo) completou o pódio, cruzando a meta 2s mais tarde que a dupla italiana.

Giovanni Aleotti (Bora – Hansgrohe) bateu Fabio Aru (Team Qhubeka NextHash) na primeira etapa em linha.

Classificações da Primeira Etapa

A segunda etapa teve uma nova chegada em alto, mas desta vez a Bora procurava apenas controlar todos os ataques dos adversários. O francês Alexis Guérin (Team Voralberg), que era décimo na classificação geral, saltou do pelotão e isolou-se dentro da subida final a Bâlea Lac, uma contagem de categoria especial, e conquistou assim o seu segundo triunfo de 2021.

Alexis Guérin (Team Voralberg) venceu a segunda etapa.

Classificações da Segunda Etapa

No último dia da competição, tivemos a etapa mais longa da competição e uma oportunidade para os sprinters com a chegada a ser no centro da cidade de Sibiu. Pascal Ackermann (Bora – Hansgrohe) começou como acabou esta edição da prova romena, e conquistou a sua segunda vitória de etapa na competição. O sprint foi lançado pelo próprio, que teve ainda bastante tempo para festejar, sem grande concorrência. O romeno Eduard Grosu (Romenia National Team) foi o segundo classificado, enquanto que o lançador de Pascal, o britânico Matthew Walls (Bora – Hansgrohe), fechou em terceiro.

Daniel Turek (Team Felbermayr – Simplon Wels), depois de ter andado na fuga do dia, acabou por ultrapassar Aleotti na classificação da montanha, sagrando-se assim o rei dos trepadores desta edição.

Pascal Ackermann (Bora – Hansgrohe) não deu hipótese à concorrência na terceira etapa.

Classificações da Terceira Etapa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock