Geraint Thomas é o grande vencedor do Tour de Suisse! Remco Evenepoel vence o contrarrelógio!

O belga Remco Evenepoel (Quick-Step Alpha Vinyl Team) venceu a última etapa do Tour de Suisse, um contrarrelógio de 25.6km na cidade de Vaduz, após marcar um grande tempo de 28:26. O britânico Geraint Thomas (Ineos Grenadiers) foi segundo a 3s e o suíço Stefan Kung (Groupama – FDJ) terceiro a 11s.

O contrarrelógio começou com Lorenzo Manzin (TotalEnergies) que marcou o tempo de 31:17. 2 minutos depois, Tom Bohli (Cofidis) marcou o tempo de 31:07. Logo a seguir, James Knox (Quick-Step Alpha Vinyl Team) marcou um novo melhor tempo de 30:58. Uns minutos depois, Robin Froidevaux (Switzerland National Team) marcou o tempo de 30:58.

Chad Haga (Human Powered Health) marcou o primeiro grande tempo de 29:51. 12 minutos depois, Dylan Van Baarle (Ineos Grenadiers) marcou um novo melhor tempo de 29:31. Nico Denz (Team DSM) marcou um bom tempo de 29:58. Ion Izaguirre (Cofidis) também marcou um bom tempo de 29:51 que poderia acabar nos 15 primeiros.

Michael Matthews (Team BikeExchange – Jayco) marcou um bom tempo de 29:54. Fausto Masnada (Quick-Step Alpha Vinyl Team) e Alexey Lutsenko (Astana Qazaqstan Team) marcaram sólidos tempos de 30:06 e 30:05, respetivamente, que poderiam acabar nos 15 primeiros. Uns minutos, Evenepoel marcou um tempo canhão de 28:26.

Daniel Martinez (Ineos Grenadiers) marcou um belo tempo de 28:54 que poderia acabar nos 3 primeiros. Maximilian Schachmann (Bora – Hansgrohe) marcou um bom tempo de 29:05. Andreas Leknessund marcou um sólido tempo de 29:58 mas o norueguês acabou por perder o seu lugar no top10 na geral final. Felix Grosschartner (Bora – Hansgrohe) marcou um bom tempo de 29:21.

Bob Jungels (AG2R Citroen Team) marcou um belo tempo de 28:59 e o luxemburguês parece estar a voltar ao seu topo de forma após marcar um tempo que poderia fazer com que acabe no top6 da geral. Kung marcou um grande tempo de 28:37 que poderia ajudar o suíço a acabar no top5 da geral. Sébastien Reichenbach (Groupama – FDJ) marcou um tempo de 30:32 mas o suíço perdeu o seu lugar no top10 da geral. Domenico Pozzovivo (Intermaché – Wanty – Gobert) marcou o tempo de 30:36 e o italiano conseguiu terminar no top10 da geral.

Neilson Powless (EF Education – EasyPost) ia marcar um grande tempo mas teve um problema mecânico a 500 metros da meta. O norte-americano ainda assim marcou um bom tempo de 29:25 e segurou o seu quarto lugar na geral. Jakob Fuglsang (Israel – Premier Tech) marcou um bom tempo de 29:28. Logo a seguir, Thomas marcou um fantástico tempo de 28:29 que lhe garantiu a vitória no Tour de Suisse. Sergio Higuita (Bora – Hansgrohe) marcou um sólido tempo de 29:43 que lhe fez terminar no segundo lugar da geral.

O português Nelson Oliveira (Movistar Team) marcou o tempo de 30:56 e foi 36º a 2:30 de Evenepoel. Na geral foi 25º a 29:24.

Geraint Thomas é o grande vencedor do Tour de Suisse, batendo Sergio Higuita por 1:12 e Jakob Fuglsang por 1:16. Higuita é o grande vencedor da juventude. Michael Matthews é o grande vencedor da classificação por pontos e Quinn Simmons (Trek – Segafredo) é o grande vencedor da classificação da montanha.

O Pódio Final

O pódio final com Jakob Fuglsang – Geraint Thomas – Sergio Higuita (da esquerda para a direita)

Classificações

Results powered by FirstCycling.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Gustav Pedersen e Monique Halter vencem título europeu de júniores na capital portuguesa do ciclismo!

Hoje era o 3º dia de competição em Anadia, com a disputa dos títulos de XCO do escalão de Júniores. Nos masculinos iam competir pela nossa seleção Artur Mendonça, Guilherme Barros, Rafael Sousa, Francisco Silvestre, Tomás Gaspar e Eduardo Rodrigues. Nas femininas representaram Portugal as atletas Íris Chagas, Mariana Líbano, Marta Carvalho, Catarina Lopes, Laura […]

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock