Ganna recupera a coroa e Mollema bate Dumoulin em dia de nacionais de contrarrelógio!

Decorreram hoje, um pouco por toda a Europa e não só, alguns dos campeonatos nacionais de contrarrelógio. Na antecâmara da Volta a França, muitos dos grandes nomes do ciclismo mundial estiveram em competição nos seus respetivos países, buscando um importante título e uma bela camisola para exibir durante o próximo ano.

Pódio Elite italiano com Mattia Cattaneo – Filippo Ganna – Edoardo Affini (da esquerda para a direita)

Na corrida de maior destaque, em Itália, o grande favorito e campeão mundial, Filippo Ganna, confirmou o seu estatuto, vencendo com relativa facilidade e conquistando o seu terceiro título nacional da especialidade! Depois de no ano passado o homem da INEOS Grenadiers ter perdido a sua coroa para Matteo Sobrero, desta feita não deu quaisquer hipóteses no percurso de 38.8 km, entre Bassano del Grappa e Cittadella. No final, o Ferrari de Verbania registou um tempo de 40:29, com uma estratosférica média horária de 52.762 km/h, triunfando com 37 segundos de avanço sobre Mattia Cattaneo (Quick-Step), 50 sobre Edoardo Affini (Jumbo-Visma), e 56 sobre o homem que o bateu em 2021, Sobrero. Se dúvidas houvessem, Ganna mostra que está no topo da sua forma para o arranque do Tour!

Results powered by FirstCycling.com

Pódio Elite Italiano com Vittoria Guazzini – Elisa Longo Borghini – Marta Cavalli (da esquerda para a direita)

Na corrida feminina, a grande vencedora foi Elisa Longo Borghini, que assim conquista o seu terceiro título consecutivo. Na prova de 33.3 km, em San Giovanni al Natisone, a corredora da Trek-Segafredo terminou com um registo de 46:31, rodando 32 segundos mais rápido que Vittoria Guazzini e 1:02 melhor que Marta Cavalli, ambas da FDJ Nouvelle-Aquitaine Futuroscope.

Results powered by FirstCycling.com

Nos Países Baixos, a vitória ficou para Bauke Mollema, da Trek-Segafredo, ao levar a melhor sobre Tom Dumoulin, da Jumbo-Visma, por 31 segundos, e Dan Hoole, da Trek-Segafredo, por 33 segundos. Dumoulin procurava uma vitória de grande nível, na “sua” especialidade e naquela que será a sua última temporada, mas acabou por não conseguir bater um superlativo Mollema, imperturbável no percurso de 29.6 km de Emmen. Na vertente feminina, a mais forte acabou por ser Ellen Van Dijk, oferecendo mais uma vitória para a Trek-Segafredo, com Riejanne Markus e Anouska Koster, da Jumbo-Visma, a completarem o pódio.

Results powered by FirstCycling.com

Results powered by FirstCycling.com

Na Estónia, tivemos a prova mais apertada do dia, com a corrida masculina decidida por apenas 14 décimas de segundo! Na cidade de Kuremaa, o homem da Intermarché-Wanty-Gobert, Rein Taaramäe, acabou por ser o mais forte, batendo por muito pouco Tanel Kangert, com o terceiro posto a ficar para Norman Vahtra, 1:14 mais lento que os dois melhores do dia. Na prova das senhoras, a melhor foi Kristel Sandra Soonik, com o segundo posto a ficar para Hanna Karoline Taaramäe, esposa de Rein, e o terceiro para Aidi Gerde Tuisk.

Continuando nos países do Báltico, Toms Skujins, da Trek-Segafredo, levou a melhor sobre Krists Neilands e Emils Liepins na Letónia, enquanto Aivaras Mikutas, da Team Ampler – Tartu2024, triunfou sobre Evaldas Siskevicius e Venantas Lasinis na Lituânia. Nas corridas femininas, a melhor letã foi Dana Rozlapa, enquanto a nova campeã lituana de contrarrelógio é Inga Cesuliene.

Na Polónia, Maciej Bodnar, da TotalEnergies, alcançou o seu oitavo título de campeão nacional, ao bater Kamil Gradek por 13 segundos e Szymon Rekita por 1:06. A prova feminina disputa-se apenas amanhã.

Nos campeonatos nacionais do Cazaquistão, o mais forte acabou por ser Yuriy Natarov, da Astana, levando a melhor sobre Igor Chzhan, por 51 segundos, e Anton Kuzmin, por 1:20. Na corrida feminina, Makhabbat Umutzhanova levou a melhor sobre Yelena Mandrakova e Akpeiil Ossim.

Já na Hungria, a vitória ficou para Erik Fetter, com Barnabás Peák e Gergely Somogyi a completarem o pódio. Entre as senhoras, a melhor foi Blanka Vas, à frente de Petra Zsankó e Dorka Jordán.

Recorde-se que, em Portugal, os nacionais de contrarrelógio serão disputados na sexta-feira, 24 de junho, tal como em Espanha, enquanto a maioria das restantes provas, nomeadamente em França, Bélgica, Dinamarca, Alemanha, ou Grã-Bretanha, ocorrerá já amanhã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Gustav Pedersen e Monique Halter vencem título europeu de júniores na capital portuguesa do ciclismo!

Hoje era o 3º dia de competição em Anadia, com a disputa dos títulos de XCO do escalão de Júniores. Nos masculinos iam competir pela nossa seleção Artur Mendonça, Guilherme Barros, Rafael Sousa, Francisco Silvestre, Tomás Gaspar e Eduardo Rodrigues. Nas femininas representaram Portugal as atletas Íris Chagas, Mariana Líbano, Marta Carvalho, Catarina Lopes, Laura […]

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock