Foguete da Irlanda está de volta com vitória na Eschborn – Frankfurt!

O irlandês Sam Bennett (Bora – Hansgrohe) venceu a Eschborn – Frankfurt, uma clássica de 184km entre Eschborn e Frankfurt, batendo ao sprint o colombiano Fernando Gaviria (UAE Team Emirates) e o norueguês Alexander Kristoff (Intermaché – Wanty – Gobert).

A Eschborn – Frankfurt começou com diversas tentativas de ataque com Pierre Rolland (B&B Hotels – KTM), Daan Hoole (Trek – Segafredo), Johan Meens (Bingoal Pauwels Sauces WB), Jens Reynders (Sport Vlaanderen – Baloise) e Juan Antonio López-Cozar (Burgos – BH) a formarem a fuga do dia. A 151km do fim, os cinco da frente tinham 4:20 de vantagem sobre o pelotão que era controlado pela Bahrain Victorious.

A 131km do fim, a vantagem da fuga do dia era de 3:40 sobre o pelotão que era comandado pela Alpecin – Fenix, pela Bahrain Victorious e pela Bora – Hansgrohe. 31km depois, a vantagem dos cinco da frente era de apenas 2:00 sobre o pelotão. A 88km do fim, vários ataques aconteceram no pelotão mas nenhum deles teve sucesso. 3km depois, na frente da corrida, Rolland atacou e Meens foi o único que o seguiu. A 78km do fim, Meens perdeu o contacto com o grupo da frente e foi alcançado pelo pelotão.

A 68km do fim, Jonas Rutsch (EF Education – EasyPost), Edward Theuns (Trek – Segafredo), Reynders e Ceriel Desal (Bingoal Pauwels Sauces WB) saíram do pelotão e juntaram-se a Rolland na frente da corrida. A 57km do fim, Desal perdeu o contacto com o grupo da frente. 1km depois, um dos principais candidatos a vitória, Giocamo Nizzolo (Israel – Premier Tech) perdeu o contacto com o pelotão. A 48km do fim, Reynders atacou e ficou isolado na frente da corrida.

A 41km do fim, Reynders foi alcançado pelo pelotão devido ao forte ritmo imposto pela Alpecin – Fenix. Logo a seguir, Biniam Girmay e Georg Zimmermann (Intermaché – Wanty – Gobert), Fred Wright (Bahrain Victorious), Tony Gallopin (Trek – Segafredo) e Sebastian Schonberger (B&B Hotels – KTM) atacaram, mas os cinco foram alcançados em menos de 2km devido ao forte ritmo imposto pela Alpecin – Fenix e pela Bora – Hansgrohe. Uns kms depois, Nizzolo conseguiu reentrar no pelotão.

A 12km da meta, a Alpecin – Fenix e a Bora – Hansgrohe estavam na frente do pelotão. 6km depois, a Bahrain Victorious e a Intermaché – Wanty – Gobert juntaram-se à Alpecin e à Bora na frente do pelotão. A 3km da meta, a Israel – Premier Tech e a Cofidis tentavam trazer o seu comboio para a frente do pelotão. 2km depois, o comboio da Bahrain Victorious comandava o pelotão.

A 300 metros da meta, Girmay trouxe Kristoff para a melhor posição possível. 100 metros depois, Danny Van Poppel (Bora – Hansgrohe) lançou o sprint final com Bennett na roda. A 100 metros da meta, Van Poppel abriu e Bennett lançou o seu sprint. O irlandês não deu hipótese à concorrência e venceu assim a Eschborn – Frankfurt. Gaviria aguentou o forte sprint de Kristoff, nos metros finais, para ser segundo. Jasper Philipsen (Alpecin – Fenix) estava mal colocado nos metros finais e foi apenas décimo-primeiro.

Os metros finais

O Pódio Final

Pódio Final com Fernando Gaviria – Sam Bennett – Alexander Kristoff (da esquerda para a direita)

Classificações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock